Capgemini conclui aquisição da Altran e detém 98% do capital

Negócios

A Autorité des Marchés Financiers – AMF anunciou hoje que na reabertura final da oferta de aquisição amigável da Altran Technologies por parte da Capgemin, foram propostas 110,571,163 de ações da Altran.

Com a conclusão desta operação, prevista para 8 de abril de 2020, a Capgemini passará a deter 98,15% do capital social da Altran e pelo menos 98,03% dos direitos de voto da Altran.

A Capgemini irá pedir à AMF, a partir de amanhã, a implementação do procedimento de squeeze-out de modo a obter o total das ações da Altran, nomeadamente as que não foram incluídas nesta oferta, de acordo com os termos da oferta pública e nas mesmas condições financeiras (ou seja, 14,50 euros por ação da Altran).

Paul Hermelin, Chairman e Chief Executive Officer of the Capgemini Group e Aiman Ezzat, o próximo Chief Executive Officer do Grupo Capgemini Group a partir da próxima Assembleia geral anual de 20 de maio de 2020, afirmaram: “Estamos muito satisfeitos com o resultado desta aquisição, cujo sucesso nos permite passar a deter mais de 98% do capital social da Altran, dando-nos acesso a todos os aceleradores de criação de valor advindos das sinergias da integração dos dois grupos. Gostaríamos de agradecer a todos os acionistas da Altran que apresentaram as suas ações nesta operação, validando assim a solidez da nossa estratégia e do projeto empresarial que propomos. Mais uma vez, gostaríamos de dar as boas-vindas aos 50.000 colaboradores da Altran com quem trabalharemos para iniciar o processo de integração e de implementação de sinergias.” 

Paul Hermelin e Aiman Ezzat acrescentaram ainda: “Esta boa notícia surge quando estamos a viver um contexto inesperado e difícil provocado pela pandemia do Covid-19. Hoje, a nossa principal prioridade é salvaguardar a saúde e a segurança dos nossos colaboradores, parceiros e clientes, garantindo simultaneamente a continuidade do negócio para os nossos clientes. Gostaríamos de aproveitar esta oportunidade para agradecer a todas as nossas equipas pelo total empenho que têm tido no seu trabalho durante este período. Foram tomadas medidas para garantir que a grande maioria dos nossos colaboradores em todo o mundo possa trabalhar eficazmente a partir de suas casas. O rácio de trabalho remoto da Capgemini e da Altran situa-se hoje em quase 90%. Juntamente com todos os colaboradores da Altran, abordamos este período excecional com solidariedade e determinação.” 

Criação de um novo líder mundial especializado em «Intelligent Industry»

O novo Grupo passa a dispor duma capacidade única para apoiar as jornadas de transformação digital das empresas dos mais variados setores de atividade, incluindo o tecnológico. A Capgemini irá usar os seus vastos conhecimentos sobre o mercado empresarial, a sua forte capacidade de inovação, o acesso privilegiado aos principais decisores de mercado que detém, bem como a sua abrangente oferta de serviços nos domínios das tecnologias de informação (TI) e das tecnologias operacionais (OT). A Capgemini assumirá agora a liderança mundial do promissor segmento de mercado da transformação digital para empresas industriais e tecnológicas, denominado por “Intelligent Industry”.

Integração facilitada e sinergias agora totalmente acessíveis

Com este resultado, que permite à Capgemini alcançar o controlo de 100% do capital social da Altran após o squeeze-out, a conjugação das duas empresas cria o ambiente ideal para a integração e permite-lhes beneficiar de todas as sinergias esperadas. A Capgemini e a Altran têm uma cultura corporativa semelhante e modelos operacionais que facilitarão o processo de integração. Os dois grupos beneficiarão agora também duma maior agilidade para implementar um processo de integração que tenha em conta as especificidades de cada uma das empresas.

O Grupo Capgemini terá agora acesso a todas as sinergias resultantes dos modelos de custos e operacionais. O Grupo recorda que a taxa de execução destas sinergias antes de impostos deverá situar-se entre os 70 e os 100 milhões de euros e que as mesmas deverão ser realizadas ao longo dos próximos 3 anos. Ao longo deste mesmo período, espera-se que as sinergias comerciais, alimentadas pelos conhecimentos complementares dos dois grupos e pelo desenvolvimento de ofertas sectoriais inovadoras, venham a gerar receitas anuais adicionais situadas entre os 200 e 350 milhões de euros.

Financiamento estruturado das transações e solidez financeira reconhecida

O Grupo Capgemini dispõe dum financiamento intercalar de 4,4 mil milhões de euros para concluir esta aquisição, com um prazo de vencimento que pode ser prorrogado até junho de 2021. Tendo em conta os 11,43% do capital da Altran, já adquiridos em 2019 por 0,4 mil milhões de euros utilizando o fundo de tesouraria do Grupo, o empréstimo intercalar cobre a totalidade da aquisição dos restantes 88,57% em 2020 (incluindo a aquisição obrigatória), i.e. 3,3 mil milhões de euros.

O Grupo confirma que vai utilizar mil milhões de euros do fundo de tesouraria disponível para financiar esta operação (dos quais 0,6 mil milhões de euros em 2020) e que a diferença será refinanciada através da emissão de dívida, principalmente através de novas emissões obrigacionistas. O Grupo congratula-se com as perspetivas estáveis de rating BBB, que a Standard and Poor’s acaba de atribuir à sua dívida de longo prazo. No contexto da atual pandemia, este rating, que incorpora uma aquisição a 100% da Altran e o correspondente aumento da dívida líquida, reflete mais do que nunca a solidez financeira do Grupo Capgemini.