Bosch e Universidade de Aveiro inovam na área da indústria 4.0

InovaçãoInvestigação

O projeto Augmanity conta com a liderança da Bosch Termotecnologia e visa o desenvolvimento e implementação de novas tecnologias para a indústria 4.0.

A Bosch Termotecnologia, em parceria com a Universidade de Aveiro (UA), entre outras entidades do sistema cientifico nacional e empresas, está a desenvolver um projeto de inovação direcionado para o setor da indústria.

Neste caso, o foco principal é o desenvolvimento e implementação de novas tecnologias relacionadas com indústria 4.0.

O projeto Augmanity conta com a liderança da Bosch Termotecnologia que lidera um vasto consórcio de entidades.

Com um valor de investimento de 8.5 milhões de euros em investigação e desenvolvimento (I&D), o projeto mobilizador Augmanity tem como objetivo permitir a melhoria da eficiência dos processos industriais, contribuindo para a sustentabilidade ambiental dos mesmos.

Pretende ainda potenciar o desenvolvimento e adequação dos processos produtivos de acordo com as características da população ativa, com o fator diferenciador de estar pensado “para fomentar a atração, preparação e motivação dos recursos humanos para uma nova realidade industrial – a Indústria 4.0”.

Organizado com base em cinco grandes áreas tecnológicas – Ergonomia Industrial e Robótica, Data Science, IIoT/5G, Visão Artificial, Realidade Virtual e Aumentada, e a vertente de Recursos Humanos em ambiente i4.0 – os parceiros pretendem alcançar um impacto positivo na produtividade da indústria através do desenvolvimento de produtos, processos e serviços inovadores.

Estão envolvidas neste projeto cerca de 255 pessoas das várias empresas e entidades que fazem parte do consórcio.

Da parte da Bosch contam-se 61 colaboradores afetos à I&D do projeto Augmanity, sendo que 6 colaboradores altamente qualificados serão contratados especificamente no âmbito do projeto.

A UA, como parceiro científico estratégico no Projeto, alocou 55 investigadores e serão contratados 25 bolseiros de investigação para as várias áreas de I&D.