Berners-Lee: Grandes tecnológicas deviam ser reguladas

e-RegulaçãoEmpresasNegócios

O inventor da World Wide Web, Tim Berners-Lee, é da opinião que as mais poderosas plataformas de internet e empresas de social media deviam ser reguladas.

O inventor da World Wide Web, Tim Berners-Lee, é da opinião que as mais poderosas plataformas de internet e empresas de social media deviam ser reguladas. Porquê? Para evitar que a internet se torne “armada em escala”.

O cientista britânico escreveu uma carta aberta na comemoração do 29º aniversário da criação da web e disse que um “novo conjunto de porteiros” era agora dominante, controlando a disseminação de ideias e opiniões.

“O fato de que o poder está concentrado entre tão poucas empresas tornou possível que a web se torne numa arma em escala”, escreveu Berners-Lee. “Nos últimos anos, vimos tendência de teorias de conspiração em plataformas de redes sociais, falsas contas de Twitter e Facebook provocam tensões sociais, atores externos interferem em eleições e criminosos roubam dados pessoais”.

A intervenção do professor do MIT, atualmente com 62 anos, chega depois de alguns governos europeus estarem a considerar uma legislação que contraria as notícias “falsas” e o discurso de ódio que temem que esteja a prejudicar a base dos territórios europeus.

Na Alemanha, uma lei entrou em vigor no dia 1 de janeiro, que prevê multa de até 50 milhões de euros em plataformas de internet que não conseguem remover o discurso do ódio 24 horas depois de ter sido publicado.

Já o presidente francês, Emmanuel Macron, planeia uma legislação que daria a opção aos juízes para pedir a remoção de notícias falsas durante as campanhas eleitorais.

Em Bruxelas, a Comissão Europeia notificou as plataformas da Internet de que eles devem encontrar uma maneira de remover o conteúdo extremista dentro de uma hora a ser notificada ou enfrentar uma legislação que os obrigue a fazê-lo.

Tim Berners-Lee, cuja Web Foundation faz campanha para que a internet seja mais aberta e inclusiva, duvida que as empresas que foram construídas para maximizar lucros possam resolver adequadamente o problema de forma voluntária.

Read also :