Axians ajuda a evitar o impacto do isolamento de idosos durante a pandemia

Inovação

Este é um projeto-piloto de sensorização baseado em IOT que permite a monitorização diária do bem-estar desses idosos.

A Axians Portugal está a desenvolver um projeto-piloto de monitorização contra o isolamento, com recurso a IOT em 10 casas de vários idosos, em parceria com a Santa Casa da Misericórdia de Lisboa (SCML).

O propósito é mesmo reduzir o impacto do afastamento social causado pela pandemia entre os idosos e os seus familiares ou centros de apoio.

Este é um projeto-piloto de sensorização baseado em IOT que permite a monitorização diária do bem-estar desses idosos.

Através de sensores colocados nas suas casas, durante um período experimental de oito semanas, passa a ser possível à SCML identificar padrões de necessidade e estabelecer uma rede de recursos de saúde.

“Embora este seja ainda um projeto piloto com tecnologia inovadora num contexto desafiante, move-nos a responsabilidade de devolver a toda uma geração o tanto que já nos deu. Além disso o impacto deste projeto é ainda muito maior, sabendo nós que a pandemia veio agravar ainda mais o isolamento e as dificuldades de assistência a boa parte deste grupo etário refere Pedro Faustino, Managing Director na Axians Portugal.

Sérgio Cintra, Administrador Executivo da Ação Social e do Departamento de Empreendedorismo e Economia Social na SCML, explica que “esta iniciativa, e perante um cenário como o de hoje, pode ajudar-nos a maximizar a nossa capacidade de resposta, encurtar distâncias e fomentar maior inclusão desta população. A inovação não chega para o dia de amanhã, é necessária para responder aos problemas de hoje”.

Read also :