Susana Marvão, com Teresa Sousa

“Há uma enorme disponibilidade para receber a cloud”

Não tem sido fácil fazer negócio na Europa. Mas a EMC garante que, curiosamente, tem conseguido crescer neste continente, mesmo nas economias mais desafiantes. “Apesar dos riscos e da crise na zona euro, o negócio cresceu, expandimos o nosso portfólio e ganhámos novos clientes”, disse Nicolas Leblanc, vice-presidente para a Bélgica, Luxemburgo & Espanha, Portugal, Israel, Grécia. Mesmo em Portugal, a diretora-geral Isabel Reis admite um crescimento “fantástico”. E a tão afamada cloud tem contribuído para esses resultados.