Ataque ao WhatsApp põe em causa a privacidade dos utilizadores

Segurança

Avaliação dada pela Kaspersky Lab relativa à informação publicada sobre a falha de segurança no WhatsApp.

A informação disponível publicamente indica que um hacker poderá utilizar o código de forma aleatória dentro da aplicação do WhatsApp, obtendo assim acesso a uma grande quantidade de dados armazenados na memória do dispositiva, como o email, câmara e microfone.

“As últimas informações revelam que os hackers utilizaram várias vulnerabilidades, incluindo as vulnerabilidades do software zero-day para iOS. O ataque foi feito em vários estágios, permitindo que o hacker ganhasse posição no dispositivo para instalar uma aplicação de spyware. Considerando que essas vulnerabilidades foram aparentemente exploradas em dispositivos Android e iOS, solicitamos a todos os utilizadores que procurem e instalem as atualizações de software que bloqueiem vulnerabilidades exploradas por este malware”, comenta Victor Chebyshev, Especialista em anti-malware na Kaspersky Lab.