Asseco PST promove conferência em Moçambique sobre transformação digital

Empresas

Quadros e dirigentes bancários discutiram hoje em Maputo os temas centrais da banca digital, em conferência organizada pela Asseco PST.

A empresa tecnológica portuguesa Asseco PST, especialista no desenvolvimento de software para o setor financeiro, juntou hoje na capital moçambicana meia centena de quadros e dirigentes de bancos para debater a transformação digital em curso na banca naquele país africano. 

Sob o mote “Digital Transformation”, os participantes trataram os temas centrais da nova banca digital. Entre os temas debatidos contam-se o papel dos canais eletrónicos , com o advento das soluções de internet banking e mobile banking, a gestão da relação com o cliente num único ponto e o poder dos dados e a sua transformação em informação relevante para os bancos.

Na conferência, promovida num hotel no centro de Maputo, debateu-se igualmente a gestão dos riscos associados à atividade bancária e o tema da segurança. Isto é, dois dos pilares essenciais de qualquer solução tecnológica para o setor financeiro, onde as instituições mais recursos têm investido.

Durante o evento, os participantes puderam visitar o espaço “Experiência Digital”, montado pela Asseco PST, e ficar a conhecer melhor as várias soluções desenvolvidas pela empresa para os seus clientes bancários. Dos mais de 60 bancos que integram a carteira de clientes da Asseco PST, que opera em vários mercados lusófonos em três continentes, oito têm presença ativa em Moçambique.

A adesão ao evento demonstra bem que o desenvolvimento de uma cultura digital passou a estar na linha frente das preocupações dos bancos moçambicanos. Isto numa altura em que o sector bancário está em transformação acelerada.

A exemplo, aliás, do que acontece em mercados mais maduros, com o desenvolvimento de soluções tecnológicas cada vez mais inovadoras e que permitem melhorar, de forma substancial, a forma como as instituições financeiras se relacionam com os seus clientes.         

“A Asseco PST tem feito um investimento significativo em Moçambique, onde está presente desde 1993. Criámos uma empresa de direito local há mais de 10 anos e acabámos de lançar no mês passado uma academia para capacitar e certificar novos especialistas em tecnologias de informação”, referiu na ocasião o CEO da empresa, Daniel Araújo, que acrescentou: “O que nos move é o desejo de prestar um serviço de excelência que potencie a criação de parcerias a longo prazo com os nossos clientes”.

Read also :

Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor