Apple investigada em França por desacelerar iPhones

Empresas

Os promotores franceses começaram a investigar a Apple no caso da perda de performance dos iPhones. Esta investigação chega depois do grupo de consumidores Halte à l’Obsolescence Programmée (HOP) ter processado a Apple ainda antes da tecnológica de Cupertino ter admitido que desacelerou a velocidade dos iPhones 6, 7 e SE através de atualizações do sistema.

A 28 de dezembro de 2017, a Apple pediu desculpa aos seus consumidores por colocar os processadores mais lentos através das atualizações do iOS. A mudança na velocidade tinha como objetivo, segundo a própria empresa, aumentar o período de vida das baterias de iões de lítio colocadas nos dispositivos e reduzir encerramentos aleatórios, mas isso fez com que a performance dos iPhones também fosse afetada. A Apple ofereceu um desconto de 50 dólares a quem trocasse as baterias dos seus dispositivos.

A obsolescência planeada é um crime em França. A pena mais grave para quem for considerado culpado é uma pena de dois anos de prisão para as entidades responsáveis, uma multa de 300 mil euros e 5% do volume de negócios anual.

A HOP também processou a Epson e outras fabricantes de impressoras por planear a obsolescência dos seus produtos. Este grupo de consumidores pede a Apple para compensar os seus clientes pelos danos causados e pede, ainda, para que a empresa pare com tais práticas.

Read also :

Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor