Anturio cresce 33% em 2018 e fecha nos 2,3 milhões

GestãoResultados

Aposta nos recursos humanos determinante para bater objetivo inicial. Meta para 2019 fixada nos 20 por cento, com nova aposta no mercado espanhol e abertura de escritório em Madrid. Áreas estratégicas com novas contratações.

A Anturio fechou o ano 2018 com um volume de negócios de 2,3 milhões, o que representa um crescimento de 33 por cento face ao ano anterior, suplantando os 20 por cento de crescimento inicialmente previstos. O objetivo orgânico para 2019 foi cifrado nos 20%, não incluindo possíveis novas aquisições.

O ano 2018 foi pródigo em novos projetos para a Anturio, com especial destaque para as áreas da construção, imobiliário, aeronáutica, indústria têxtil, hotelaria e turismo. Projetos que valeram à Anturio dois prémios no evento PHC Open Minds 2019, que teve lugar no passado dia 21 de março, em Santarém, e que reuniu mais de 900 parceiros de Portugal e Espanha.

“Tivemos um crescimento de 300 por cento na Madeira e um reforço da equipa no centro de Portugal Continental”, conta Duarte Miguel Freitas, CEO da Anturio. Uma aposta clara nas pessoas que, segundo o responsável, “foi o segredo de um crescimento natural e sustentado, com muito esforço e satisfação”.

Este crescimento sustentado permite ampliar o projeto internacional da Anturio, com a abertura, ainda este mês, de um escritório em Madrid, onde estão já formadas uma equipa técnica e outra comercial.

“Esperamos fazer crescer a nossa quota internacional com esta nova incursão”, desvenda Duarte Miguel Freitas. “Este ano, a aposta irá centrar-se em Espanha, mas estamos sempre em conversações para novas oportunidades”, adianta.

De entre os projetos que mais se destacaram, contam-se o da Quinta do Lago, “um projeto de reestruturação da contabilidade, com integrações com as empresas de restauração, golfe e hotelaria e ainda com a implementação de workflows BPM (Business Process Management) a partir do PHC Web”.

No que se refere a contratações, “este mês, entrou um Business Manager para o escritório de Madrid e outro para o Porto, sendo que, em abril, teremos também um novo diretor de recursos humanos“, revela Duarte Miguel Freitas.

Um total de 8 contratações previstas, que serão ajustadas consoante “o crescimento das várias áreas da empresa”, avança o CEO.

Read also :