10 de Novembro de 2015

Faculdade de Motricidade Humana recebe evento futurista

No próximo dia 12 de novembro, a Faculdade de Motricidade Humana da Universidade de Lisboa, enquanto instituição responsável pela organização do evento ergoUX, celebra o Dia Mundial da Usabilidade com uma conferência onde se irão discutir os resultados e os desafios da investigação nesta área. Os participantes terão também a oportunidade de interagir com dispositivos, equipamentos e protótipos, que num futuro breve, aparecerão no mercado e permitirão criar novas experiências de interação.

Gfi avança com aumento de capital em Portugal

A relevância estratégica da operação portuguesa, suportada pelo crescimento da atividade nacional e nearshore, com o Centro de Serviços de Lisboa, justifica um aumento de capital para 1,5 milhões de euros.

Português lidera unidade de negócio da CGI

A CGI promoveu uma reestruturação estratégica das unidades de negócio responsáveis pelos mercados da Europa do Sul e América do Sul. Com a fusão destas unidades, o português José Carlos Gonçalves torna-se vice-presidente sénior da Europa do Sul e América do Sul, liderando assim o desenvolvimento do negócio da empresa em países como Portugal, Espanha, Itália e Brasil.

Protótipo de APR facilita integração laboral de pessoas com incapacidades

A Universidade de Lleida (UdL) apresentou recentemente um protótipo de Assistente Pessoal Robotizado (APR), desenhado e desenvolvido para facilitar a “telepresença” das pessoas com incapacidades que trabalham de forma telemática, para que possam ligar-se a robots e através destes deslocar-se pelo escritório para interagir, ver ou ser visto pelos seus colegas de trabalho e poder assistir a reuniões ou encontros informais.

KuantoKusta analisa comportamento dos compradores online

De acordo com um estudo recente da ACEPI – Associação da Economia Digital, cerca de um quarto da população em Portugal compra online, um número que duplicou nos últimos cinco anos atingindo o valor mais alto de sempre: 2,7 milhões de portugueses. Só em 2014, foram transacionados cerca de 2,9 mil milhões de euros no comércio eletrónico, um número que poderá ser ultrapassado já este ano, reforçado com as compras de Natal.