10 de Fevereiro de 2015

Samsung poderá pagar dividendos mais baixos em 2015

De acordo com informação publicada pela agência Reuters, a Samsung poderá pagar dividendos mais baixos em 2015, quando comparados com os do ano passado. A informação partiu de uma fonte ligada ao assunto, que preferiu não ser identificada, mas que disse que os acionistas da tecnológica sul-coreana não terão acesso a dividendos tão elevados quanto

Facebook leva serviços online grátis à Índia

Mark Zuckerberg expandiu os países em que o projeto Internet.org está presente, chegando à Índia. O objetivo é levar serviços online considerados básicos a populações com menos recursos financeiros. Internet.org é o nome do projeto fruto de uma parceria entre o Facebook e outras empresas tecnológicas como a Samsung e a Qualcomm e que pretende

Portugal fez apenas um pedido de informação ao Twitter em 2014

O Twitter revelou o mais recente relatório de transparência referente aos últimos seis meses de 2014. Entre os países com maior número de pedidos de informação ou de remoção de tweets encontram-se os EUA, a Turquia e a Rússia. Portugal efetuou apenas um pedido. As estatísticas em relação aos pedidos de informações e remoção de

Konica Minolta ajuda UBI a diminuir as despesas de impressão [atualizado]

A Universidade da Beira Interior conseguiu reduzir os gastos de impressão em 2014. Esta redução foi conseguida através de uma parceria entre a UBI e a Konica Minolta. Começou em 2011 a parceria entre a Universidade da Beira Interior e a tecnológica japonesa, altura em que a instituição de Ensino Superior da Covilhã colocava em

Canon de olhos postos em empresa de video-vigilância

A Canon quer comprar a especialista em vigilância Axis. O negócio rondará os 2,83 mil milhões de dólares e permitiria à empresa japonesa expandir-se para lá das fronteiras do mercado das câmaras fotográficas, que tem vindo a perder pujança. A acontecer, este seria o maior negócio na história da Canon, que está veemente a procurar

CGD cria aplicação para pagamentos móveis

A Caixa Geral de Depósitos apresentou o seu serviço de pagamentos móveis Caixa Change. A aposta do banco português na mobilidade das transações traduziu-se numa aplicação para Android e iOS que visa transformar os dispositivos móveis em “carteiras digitais”. Dada a crescente preponderância dos dispositivos móveis no quotidiano das pessoas, a Caixa Geral de Depósitos