1 de Abril de 2014

SRF disputada pela Altice e pela Bouygues

A Bouygues estendeu a sua oferta para adquirir a SFR, a segunda maior operadora móvel de França, numa altura em que se avista um fim para as negociações entre a Vivendi e a Altice do multimilionário Patrick Drahi. A empresa fundada por Martin Bouygues ainda garantiu uma taxa de 500 milhões de euros, na eventualidade

Tecnológica Marvell processada por infração de patentes

A Marvell Technology será obrigada a pagar 1,54 mil milhões de dólares por infração de direitos de propriedade intelectual de duas unidades de disco rígido da Universidade Carnegie Mellon. Depois de a Carnegie Mellon ter descoberto que a Marvell replicou deliberada e ilegitimamente a tecnologia patenteada pela Universidade, a tecnológica norte-americana, por ordem judical, terá

Glose escolhe solução baseada em Azure para internacionalizar negócio

A software house portuguesa Glose escolheu uma solução baseada em Windows Azure para alicerçar a sua estratégia de internacionalização e conquistar uma carteira de clientes de maior dimensão. Para alojar todas as soluções disponibilizadas pela empresa na Internet e torná-las acessíveis em tempo real e em qualquer parte do mundo, foi feita a instalação de

Fusão Telefónica/E-Plus preocupa autoridades alemãs

A Agência Federal de Redes alemã exige que a Telefónica ceda parte do seu espectro de frequências, para que a aquisição da E-Plus pela espanhola seja aprovada pela Comissão Europeia. A operadora a ser criada pela eventual associação entre a divisão germânica da Telefónica e a holandesa E-Plus possuiria mais de metade de todas as

Nadella nomeia primeiros executivos

A Microsoft nomeou três executivos para as duas divisões de cloud, dispositivos e Xbox sendo uma das primeiras mudanças na gestão feita pelo CEO Satya Nadella. Num e-mail público, a empresa de software promoveu Scott Guthrie para head do grupo cloud and enterprise, a divisão de 20 mil milhões de dólares que Nadella comandava antes

97% do malware móvel é dirigido a Android

Sendo a plataforma móvel mais utilizado a nível mundial, o Android torna-se um alvo apetecível para os cibercriminosos, mas os números não deixam de impressionar: 97% do malware desenvolvido para dispositivos móveis tem o sistema operativo da Google como alvo. Estes dados foram revelados por um estudo da F-Secure, que também alerta para a problemática