7 de Fevereiro de 2014

IBM considera venda de negócio de semicondutores

A IBM estará a considerar a venda do seu negócio de semicondutores naquilo que será uma grande mudança para a empresa. A gigante dos computadores terá falado com o banco de investimento Goldman Sachs para aconselhar a IBM na possibilidade da venda, embora ainda nada tenha sido confirmado, segundo o que fontes disseram ao Financial

Fintech investe em app para agregar cartões de crédito

A Fintech recebeu um fundo 2,4 milhões de dólares por parte da empresa Passion Capital para investir na Birdback, uma plataforma que interliga os dados de todos os cartões para clientes online e offline. Esta não é uma ideia nova, já que recentemente, nos Estados Unidos, a Edo Interactive adquiriu a Yub, uma empresa que

Staples e SugarSync em união improvável

A SugarSync, empresa de armazenamento cloud e provedora de serviços de backup, anunciou uma parceira com a Staples, fornecedora de material de escritório, que visa oferecer os seus serviços a negócios norte-americanos de pequenas e médias dimensões. A iniciativa alinha-se com os objetivos estratégicos da SugarSync numa altura em que concorrentes como a Backupifylook procuram

Huwaei sob suspeita de hacking à BSNL

Foi lançada uma investigação na Índia depois de um relatório ter alegado que a empresa chinesa Huwaei tentou entrar de forma ilegal no sistema da operadora estatal de telecomunicações indiana Bharat Sanchar Nigam Limited (BSNL). Apesar do sucedido, Suresh Vaidyanathan, representante da Huwaei India referiu que “a Huwaei India nega quaisquer acusações de hacking e

British Airways escolhe Red Hat para criar cloud privada

A British Airways optou pelo software de virtualização da Red Hat numa aposta para modernizar a sua infraestrutura e criar uma plataforma de cloud privada. A British Airways afirma que a plataforma vai suportar o seu ambiente crescente de produção, tanto para o site externo como aplicações internas. A British Airways implementou a plataforma de

Ryanair passa a permitir utilização de aparelhos em voo

A Ryanair, com operação em Portugal, passou a permitir o uso de telemóveis e tablets durante a descolagem e aterragem, em modo de voo. A utilização de aparelhos eletrónicos em todas as fases da viagem é agora possível na Ryanair, desde que estejam configurados em modo de voo. As novas regras aplicam-se a todos os