28 de Janeiro de 2014

Samsung atinge recorde de vendas de smartphones

A Samsung vendeu 86 milhões de smartphones no quarto trimestre. Graças a estes resultados, a empresa ampliou a sua vantagem sobre a Apple, mesmo depois da empresa norte-americana ter alcançado uma nova alta nas vendas de seus iPhones. De acordo com dados da empresa de pesquisa Strategy Analytics, a Samsung teve 29,6 por cento do mercado

Funcionários são principais responsáveis pela fuga de dados corporativos

Os erros de colaboradores das empresas são a principal causa da fuga de dados confidenciais das empresas. De acordo com um estudo realizado pela Kaspersky Lab em parceria com a B2B International, embora as vulnerabilidades do software utilizado pela empresa sejam as principais responsáveis pelos problemas de segurança informática, os erros humanos são ainda causa

Garmin lança relógios personal trainer

A Garmin, líder a nível mundial em soluções de navegação por satélite, lança seis relógios que vão mudar por completo a experiência da prática de exercício. Os aparelhos são adaptáveis a todos os atletas e a qualquer gosto e poder monetário. A empresa quer fazer ressurgir e reforçar o velho ditado “mente sã, corpo são”,

Apple deve registar recorde de vendas de fim de ano

A Apple pode divulgar esta semana resultados trimestrais que podem marcar a melhor temporada de vendas de fim de ano. Segundo as expectativas de analistas, a empresa pode ter registado o recorde de vendas de iPhones e iPads. Apesar da divulgação destes resultados, a empresa continua a despertar desconfiança dos investidores sobre as vendas na China.

Futuro da Oracle Portugal debatido por Hugo Abreu

O diretor-geral da Oracle Portugal, Hugo Abreu, foi o anfitrião num debate que entre outros aspetos se centrou na visão da empresa quanto ao mercado atual, bem como nas previsões para o futuro da empresa. Bruno Morais, diretor comercial da empresa, também foi um dos intervenientes na discussão. Hugo Abreu começou o discurso a salientar a

AT&T não tem intenção de comprar a Vodafone

A AT&T – operadora de telecomunicações móvel dos Estados Unidos – disse que não tinha intenções de comprar a Vodafone nos próximos seis meses. Foi a própria AT&T que alimentou os rumores de que poderia estar interessada num acordo com a Vodafone. O seu presidente-executivo, Randall Stephenson, chegou a dizer que havia uma “grande oportunidade” para investir em