27 de Dezembro de 2013

AT&T vende participação na América Móvil

A norte-americana AT&T vendeu 250 milhões de ações da América Móvil, no valor de 282 milhões de dólares. A AT&T International vendeu parte das ações de classe “L” da América Móvil. Em comunicado, uma porta-voz da AT&T disse que “De tempos em tempos, rebalanceamos os nossos ativos e levantamos recursos para propósitos corporativos gerais”. Sobre o

News Corp adquire startup Storyful

O grupo jornalístico News Corp pagou 25 milhões de dólares pela aquisição da Storyful, uma startup que ajuda as redações a encontrar conteúdo vídeo através da Web. A aquisição permite à empresa nova iorquina capitalizar o aumento das reportagens crowd-sourced, uma área onde muitas redações procuram conteúdo. A startup, que tem uma equipa de 28

Cionet tem novo modelo de eventos

O Cionet tem um novo modelo de eventos regulares para debater o tema das Tecnologias da Informação e da Comunicação. “Conversas com…” é o nome deste novo modelo. Este novo formato de eventos informais é promovido pela comunidade de CIOs e vai colocar frente a frente responsáveis de TIC com membros da rede. O primeiro

T&T lança novas versões em 2014

A T&T Software colocou no mercado as novas versões de 2014 de toda a sua gama de software de gestão. Com mais de 82 mil programas registados e 30 mil utilizadores ativos, a T&T Software é um dos principais produtores nacionais de soluções de gestão. A empresa conta com centenas de parceiros locais para fazerem

Executivo da SAP fecha acordo com SEC

Um ex-assistente do presidente do Conselho da empresa alemã de software SAP concordou em pagar 89,16 milhões de dólares para encerrar uma acusação da Securities and Exchange Comision (SEC) sobre informação privilegiada. De acordo com os documentos divulgados na segunda-feira, David Marchand, 41, teve acesso a informações confidenciais sobre o interesse da SAP em comprar

Estados Unidos preparam julgamento do Megaupload

Os Estados Unidos estão a preparar o julgamento dos executivos de topo do Megaupload, em que estes se consideravam piratas modernos e admitiram ganhar dinheiro com a partilha de cópias ilegais de filmes e vídeos. Os representantes do governo norte-americano apresentaram um relatório de 191 páginas onde descrevem o caso contra o Megaupload. As investigações