7 de Outubro de 2013

IFS nomeada líder no Quadrante Mágico da Gartner

A IFS foi nomeada líder no Quadrante Mágico da Gartner em ERP para empresas midmarket centradas em produto, com o IFS Applications 8. A Gartner identifica como líderes nesta categoria as empresas que oferecem produtos com funcionalidades robustas e que têm capacidade para líder com uma série de requisitos dos utilizadores, não sendo, necessariamente, os

Microsoft lança patch de correção

A Microsoft liberta esta terça-feira um pacote de correções. Neste patch “Tuesday” vão ser corrigidas quatro falhas críticas que representam um grau de risco mais elevado para os utilizadores. São, no total, oito boletins de segurança a serem lançado. Nas quatro falhas críticas que se aí se integram, serão corrigidas vulnerabilidades que afetam o Windows,

LG apresenta G2 em Portugal dia 17

A LG vai apresentar em Portugal o seu novo smartphone no dia 17 de outubro. O novo topo de gama da marca foi apresentado em Agosto e não vai demorar muito a chegar ao mercado nacional. A LG informou que a apresentação oficial d LG G2 vai acontecer no dia 17 de outubro mas não

UE incentiva PMEs a desenvolvimento tecnológico

A União Europeia quer que as PMEs tenham uma presença mais influente no meio online e quer que as suas estratégias também envolvam as tecnologias de informação e comunicação. O organismo europeu está a desenvolver um plano onde vai permitir que as regiões europeias comprem pacotes de investimento que podem ir até aos dez mil

Dois milhões de “espiões” chineses

A China emprega dois milhões de pessoas para manter controlado o uso da Internet pelos seus cidadãos. Num raro vislumbre ao mundo secreto da vigilância online chinesa, um órgão de comunicação social chinês anunciou que o país empregava várias pessoas para monitorizar o que se faz na Internet. Muitos dos funcionários realizam simplesmente buscas por

Portugal é vulnerável a ataques informáticos

Um estudo feito pela empresa de base tecnológica Dognaedis, uma spin-off da Universidade de Coimbra, conclui que Portugal é um país muito suscetível de sofrer ataques informáticos por spam e que a legislação nesta matéria é inadequada. Para avaliar o nível de vulnerabilidade, os autores do estudo simularam um ataque de spam legal, ultrapassando praticamente