25 de Setembro de 2013

Oppo lança novo N1 com câmara de 13 MP

A marca Oppo vai lançar o novo Oppo N1, onde se destaca a câmara de 13MP rotativa a 206 graus. Este telemóvel tem um ecrã de 5,9 polegadas com resolução FullHD e 377 ppi, processador Snapdragon 600 a 1,7 GHz, Adreno 320 GPU, 2GB de RAM, 16/32 GB de armazenamento, câmara rotativa de 13 MP,

iTunes Radio já conta com onze milhões de utilizadores

O novo serviço de streaming de rádio da Apple, o iTunes Radio, foi apresentado no dia 18 de Setembro, juntamente com o sistema operativo iOS7, e já “agarrou” cerca de 11 milhões de utilizadores. Por enquanto, o serviço só está disponível a utilizadores norte-americanos, a partir da versão iTunes 11 e do iOS7. Este serviço

Amazon lança novos tablets

A Amazon atualizou a linha de tablet com novos modelos Kindle Fire HDX, com ecrãs de 7 e 8,9 polegadas. As grandes melhorias nos novos tablets da Amazon., em relação aos anteriores, estão na performance e nas dimensões do ecrã. Como já referido, os ecrãs têm 7 e 8,9 polegadas e o modelo de 7

StumbleUpon faz primeira aquisição

O serviço StumbleUpon, de descoberta de conteúdos na Internet, anunciou a aquisição da 5by, uma startup vídeo sedeada em Montreal, Canadá. As empresas anunciaram que a equipa do 5by, de seis pessoas, vai trabalhar nos “headquarters” do StumbleUpon, em São Francisco, Estados Unidos, onde vão continuar a desenvolver o 5by como o produto “standalone”. Inicialmente,

Steam passa para televisão em novo sistema operativo

A plataforma de jogos mais conhecida, a Steam, anunciou um sistema operativo próprio, baseado em Linux, que leva os seus conteúdos para a televisão. O Steam OS, da Valve, é um sistema operativo de código aberto baseado em Linux que irá aumentar a oferta da plataforma de distribuição de conteúdos digitais à televisão, permitindo que

Deco apresenta queixa aos serviços ilimitados

A Deco apresentou uma queixa junto da Direção-Geral do Consumidor contra os serviços de telecomunicações anunciados como ilimitados por considerar que esta são ilimitados “mas só na publicidade”. A queixa surge após uma análise de vários serviços e que os resultados apresentados concluem que não só há restrições, como estas diferem entre operadoras e mesmo