Yahoo pode estar a preparar centenas de despedimentos na China

Negócios

O escritório da Yahoo, em Pequim, será encerrado e, com ele, centenas de trabalhadores estão em risco de ficarem sem emprego. Este era o único centro da empresa, na China, e, sem ele, a presença da Yahoo, neste país, resume-se aos serviços controlados pela Alibaba.  A gestão dos serviços da Yahoo, na China, está a

O escritório da Yahoo, em Pequim, será encerrado e, com ele, centenas de trabalhadores estão em risco de ficarem sem emprego. Este era o único centro da empresa, na China, e, sem ele, a presença da Yahoo, neste país, resume-se aos serviços controlados pela Alibaba. 

A gestão dos serviços da Yahoo, na China, está a cargo da Alibaba mas nem sempre foi assim. A única estrutura física da empresa norte-americana, no país, está localizada em Pequim e, inicialmente, era a partir desse escritório que as operações eram comandadas. Contudo, com a restrição das atividades da Yahoo, o edifício acabou por se tornar num centro de investigação.

Esse centro de investigação irá, agora, fechar portas, de acordo com informações avançadas pelo South China Morning Post. Num comunicado reportado pelo mesmo, um representante da Yahoo garante que a empresa está “continuamente a operar mudanças para alinhar os recursos e para promover uma colaboração e inovação melhores entre os negócios”.

O mesmo representante anuncia que os funcionários de Pequim foram avisados de que o centro será fechado e que, consequentemente, terão de ser realizados despedimentos. Cerca de 350 profissionais trabalham neste escritório e, apesar de não existirem informações relativamente ao número de despedimentos, os analistas conjeturam que a suspensão dos contratos de trabalho deverá afetar a quase totalidade dos trabalhadores.

Aqueles que não forem despedidos deverão ser transferidos para outros centros da Yahoo, nomeadamente, a sede, na Califórnia, numa tentativa de consolidar a empresa, tornando-a menos fragmentada e dispersa para que custos desnecessários possam ser cortados.

Este centro de pesquisa e desenvolvimento da Yahoo foi inaugurado em 2009 e, desde aí, foi palco de investigação em áreas como cloud computing, analítica e publicidade.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor