Xpand IT cresceu nove por cento em 2013

Negócios

A Xpand IT faturou cerca de 2, 550 milhões de euros no ano passado, ou seja, mais nove por cento do que em 2012. A empresa tem agora novas instalações no Parque das Nações, em Lisboa. Para este ano as previsões continuam bastante positivas. Prevê-se que o crescimento do volume de negócios da empresa este

A Xpand IT faturou cerca de 2, 550 milhões de euros no ano passado, ou seja, mais nove por cento do que em 2012. A empresa tem agora novas instalações no Parque das Nações, em Lisboa.

Business-growthPara este ano as previsões continuam bastante positivas. Prevê-se que o crescimento do volume de negócios da empresa este ano esteja na ordem dos 15 por cento, “fruto do investimento em áreas estratégicas”.

De acordo com um comunicado da organização, “o novo escritório vai permitir reforçar a equipa de consultores já no início do ano, procurando responder a um aumento de projetos nacionais e internacionais”. Não há muito tempo, a Xpand IT tinha também já lançado o seu Centro de Excelência, especializado em tecnologias Microsoft.

Rui Maia, diretor de recursos humanos da empresa, explica o porquê da abertura das novas instalações: “Em contraciclo com a realidade nacional, este investimento vem numa altura em que a nossa equipa de consultores começa a crescer a um ritmo bastante elevado. Nos últimos seis meses foram contratados cerca de 20 novos colaboradores, com vários tipos de perfis, e a nossa expetativa é que o grupo de trabalho continue a crescer”.

Foram contratados engenheiros especializados em tecnologias Microsoft, Tibco, Pentaho, Red Hat, Mongo DB,Hadoop, Vectorwise e Liferay. Mas, segundo o responsável, ainda está prevista a contratação de mais 15 ou 20 colaboradores ao longo deste ano, representanto um crescimento de 20 por cento na mão-de-obra.

Sendo o Big Dara e o Business Intelligente as áreas de foco da empresa, em conjunto com o middleware e a mobilidade empresarial, as principais prioridades da empresa são a contratação de consultores com competências Microsoft e de profissionais mais ligados a tecnologias nas áreas de Big Data e BI.

“Para 2014, a continuidade da aposta no tema Big Data e investimento numa nova área de serviços premium de infraestrutura são os grandes objetivos. No contexto de produtos, iniciámos o ano com o lançamento de um novo software na área de gestão e automação de testes”, revela o sócio e Chief Commercial Officer da empresa, Paulo Lopes.

Sabe-se ainda que outros produtos lançados no final de 2012 representaram até à data um crescimento de mais de 150 novos clientes espalhados por todo o mundo. 


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor