Xerox quer revolucionar pagamentos nos transportes públicos [atualizado]

AppsMobilidadeProjetosSetor Público

A Xerox lançou o seu primeiro sistema de pagamentos móveis direcionado para os transportes públicos. A solução pretende que os smartphones sejam os novos títulos de transporte e é compatível com as infraestruturas existentes. O Xerox Seamless, assim se chama o novo método de pagamento desenvolvido pela empresa tecnológica, visa permitir que as empresas do setor

A Xerox lançou o seu primeiro sistema de pagamentos móveis direcionado para os transportes públicos. A solução pretende que os smartphones sejam os novos títulos de transporte e é compatível com as infraestruturas existentes.

metro

O Xerox Seamless, assim se chama o novo método de pagamento desenvolvido pela empresa tecnológica, visa permitir que as empresas do setor dos transportes captem um maior número de utilizadores e arremessem para o passado o pagamento através de bilhetes físicos.

Comboios, autocarros, elétricos, e até parques de estacionamento e sistemas de car sharing poderão usufruir do Xerox Seamless.

A empresa explica, em nota, que esta tecnologia foi concebida para operar independentemente dos cartões SIM dos dispositivos e para ser agnóstica, podendo ser utilizada por todas as operadoras de telecomunicações móveis.

Fontes oficiais garantem, ainda, que a Xerox Seamless “pode ainda ser instalada, de forma fácil e rápida, pelos operadores de transportes e clientes, ao mesmo tempo que disponibiliza as mesmas garantias de segurança que a bilhética sem contacto convencional”.

O novo sistema permite que pessoas que não estejam acostumadas a utilizar determinado serviço de transportes, como, por exemplo, os viajantes turísticos, possam fazê-lo de forma simples e profícua. O sistema não exige ligação à rede.

A Xerox Seamless é potenciada por tecnologia de comunicação por campo de proximidade, ou NFC, e requer somente aos operadores de transportes a instalação dos devidos terminais. Estes últimos são fornecidos pela Xerox e, de acordo com a mesma, “são tecnicamente mais simples que a maior parte dos normais validadores de bilhetes”, recorrendo a tecnologia desenvolvida e patenteada pelas equipas francesas da Xerox em Grenoble e Valence.

“Os validadores tradicionais requerem uma ligação elétrica e outra à Internet, tornando muitas vezes complexo e dispendioso aos operadores instalar”, diz Jo van Onsem, líder do segmento de setor público internacional da Xerox. “Com a solução Seamless da Xerox, as tags [terminais] podem ser facilmente instaladas sem qualquer um destes pontos”.

O sistema estará disponível em todos os países onde a Xerox opera, disse a própria empresa à B!T, sendo que Portugal consta da lista. No entanto, diz ainda não ter clientes da solução no mercado nacional, acrescentando que esta é uma área que terá um maior enfoque comercial em 2016.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor