Atos compra área de outsourcing da Xerox [atualizado]

Big DataCloudData-StorageEmpresasNegócios

A Atos completou a aquisição da Xerox ITO, a área de outsourcing da empresa norte-americana. A conclusão do negócio vem reforçar o posicionamento da Atos enquanto fornecedora global de serviços digitais.

O valor líquido da compra foi de 966 milhões dólares, sendo estimado que a Atos usufrua de benefícios fiscais futuros de cem milhões de dólares, valor que poderá chegar aos 134 milhões.

Presentemente, a América do Norte é a área geográfica de maior retorno para a Atos, com receitas que atingem os 2 mil milhões de dólares, pelo que adquire a nona posição em serviços de ITO. Em comunicado, Thierry Breton, chairman e CEO da Atos, afirma que “sendo os EUA os nosso maior mercado, passamos a ter uma presença global mais forte e equilibrada, o que combinado com as nossas competências digitais, permite-nos ser o parceiro de maior confiança para os nossos clientes na sua viagem digital.”

Esta colaboração tem um carácter estratégico de dimensão mundial e contribuirá para que a Atos passe a ter uma maior capacidade de oferta e resposta para os seus clientes europeus e norte-americanos, bem como uma habilidade de suporte mais completa face às necessidades e exigências de clientes em termos de transformação digital, em qualquer ponto do globo, esclarece a empresa em comunicado.

A Atos irá promover igualmente a abordagem ao cliente Xerox ITO, uma empresa global de gestão de negócios, documentos e serviços tecnológicos, impulsionando a sua capacidade industrial e portfólio de serviços e tecnologias de topo em áreas particulares como a cloud, Big Data, cyber-security e high power computing.

No mesmo documento, Michel-Alain Proch, do grupo SEVP, nomeado como CEO  da Atos para a América do Norte, refere que “estamos preparados e completamente operacionais de forma a assegurar a contínua oferta de serviços aos nossos clientes. Esta aliança à Xerox permite-nos combinar as nossas forças, alavancando um crescimento mais lucrativo.”

Contactámos a Xerox mas não obtivemos resposta. A Atos também ainda não se pronunciou relativamente ao negócio.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor