Winsig cresceu 77 por cento nos mercados internacionais em 2014

GestãoNegóciosResultados

O volume de negócios da Winsig cresceu seis por cento em 2014. As operações internacionais da distribuidora portuguesa subiram 77 por cento, sendo que para este ano o objetivo é continuar a crescer, principalmente nos mercados estrangeiros. Em 2014, a portuguesa Winsig, que distribui soluções que assentam sobre o software de gestão da PHC e

O volume de negócios da Winsig cresceu seis por cento em 2014. As operações internacionais da distribuidora portuguesa subiram 77 por cento, sendo que para este ano o objetivo é continuar a crescer, principalmente nos mercados estrangeiros.

INTERNACIONALIZAÇÃO

Em 2014, a portuguesa Winsig, que distribui soluções que assentam sobre o software de gestão da PHC e da Sage, registou receitas de 2,28 milhões de euros, um crescimento de seis pontos percentuais face aos 2,15 milhões de 2013.

Consta que este crescimento foi alimentado pelo reforço dos seus negócios internacionais. Para lá das fronteiras de Portugal, o seu mercado doméstico, a Winsig consegiu obter uma subida de 77 por cento do seu volume de negócios, representando agora oito por cento do seu total de receitas.

Durante 2014, a Winsig fortaleceu as suas unidades de Web e de Mobilidade, através de projetos que estipulou com empresas como a But Fashion, detentora das marcas Cubanas e Made in, e a Sumol+Compal.

Paralelamente, a Winsig concebeu novos templates verticais, como o SIG Equipamentos, o SIG Moldes e o SIG Têxtil, e transversais, como o WIN Armazéns e o WIN Débitos Vencidos, que assentam sobre tecnologia da PHC.

A empresa portuguesa “destacou-se dos restantes parceiros PHC com o maior número de consultores certificados e especializados”, referiu em comunicado. Nuno Archer, CEO da Winsig, afirmou que a formação da sua força de trabalho é uma aposta constante, para que assim possa garantir a oferta de soluções e serviços robustos e de qualidade aos seus clientes e parceiros.

O ERP X3 da Sage é um dos mais recentes investimentos da Winsig. Com a criação de uma nova área de negócio alicerçada no software de gestão da Sage, a empresa portuguesa espera alcançar o ramo das PME que pretendam levar as suas operações até ao plano internacional.

A Winsig está envolvida, de momento, em projetos em Portugal, no Brasil, em Espanha e em Angola.

A empresa disse que a estratégia para 2015 terá como foco o contínuo reforço dos seus negócios internacionais.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor