Windows RT deve terminar em 2014

Software

O Windows RT deverá acabar já no próximo ano. A informação é da Vice-Presidente para a área de Dispositivos e Estúdios da Microsoft, Julie Larson-Green. A versão do Windows para PC continua a ter muito valor estratégico e o Windows Phone também tem vindo a dar sinais de vitalidade, ganhando quota em vários mercados. Por

O Windows RT deverá acabar já no próximo ano. A informação é da Vice-Presidente para a área de Dispositivos e Estúdios da Microsoft, Julie Larson-Green.

DSC_0016A versão do Windows para PC continua a ter muito valor estratégico e o Windows Phone também tem vindo a dar sinais de vitalidade, ganhando quota em vários mercados. Por isso, no grupo dos três sistemas operativos, apenas o Windows RT parece reunir as condições necessárias para ser abandonado.

“Temos o Window Phone OS, temos o Windows RT e temos o Windows completo. Mas não vamos manter os três”, afirmou Julie Larson-Green durante o UBS Global Technology.

A única alternativa ao fim do Windows RT é a unificação deste com o sistema operacional Windows Phone.

O motivo pelo qual a Microsoft está a pensar em terminar com o Windows RT é o facto deste não ter agradado aos utilizadores e ter implicado uma baixa nos tablets Surface. Segundo a executiva, a principal crítica é que o sistema não se diferenciou, parecendo semelhante ao Windows Phone.

Por todos estes motivos, ou a Microsoft opta mesmo pelo fim do Windows RT, ou o funde com o Windows Phone. Esta segunda hipótese não é de descartar, tendo em conta a intenção da multinacional em concorrer diretamente com os telemóveis e tablets da Apple, que atualmente usam o mesmo sistema operativo.

Relativamente às parecenças entre o Windows RT e o Windows Phone, a Vice-Presidente diz que eles parecem muito similares. “Usá-los é semelhante. O Windows RT simplesmente não faz tudo que se esperava que um Windows fizesse”, declarou. Larson-Green foi mesmo mais longe ao afirmar que a empresa deveria ter pensado melhor no caso de rebranding: “Nós não deveríamos tê-lo chamado de Windows”.

A Dell já tinha anunciado no passado mês de setembro o abandono da plataforma Windows RT. Atualmente, apenas a Microsoft e a unidade de dispositivos móveis da Nokia, que foi adquirida pela Microsoft, fabricam equipamentos que têm o RT como sistema operativo. Os analistas de mercado preveem que o Surface 3 e o tablet Nokia 2520 sejam os últimos dispositivos a usar o Windows RT.

Julie referiu ainda durante a conferência que acredita num mundo onde exista um sistema mobile com menos riscos para a vida da bateria e para a segurança. Como exemplo, a executiva citou a Apple, afirmando que o iOS é um sistema fechado que não se degrada com o tempo.

“O iOS não é tão flexível, não se pode fazer muito com ele, mas é uma experiência mais uniforme, embora mais simplificada”, confessa a Vice-Presidente.

Se as estimativas menos otimistas se confirmarem,  o Windows RT deverá mesmo chegar ao fim já em 2014.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor