Windows 10 será lançado só para alguns

EscritórioSistemas Operativos

Todos aguardam a chegada do Windows 10, mas a 29 de julho, data prevista para o seu lançamento, só um restrito grupo de utilizadores é que o receberá: aqueles que têm participado ativamente nos testes do sistema operativo e que têm dado à Microsoft o seu feedback.

É sob um molde de quid pro quo que o novo sistema operativo da tecnológica de Redmond será lançado. Contrariamente ao que inicialmente se esperava, o Windows 10 só chegará às mãos de alguns no dia da sua estreia oficial, enquanto os restantes utilizadores terão de esperar um pouco mais pelo tão aguardado sistema operativo.

Os primeiros a utilizar o Windows 10 serão os Windows Insiders, um grupo de cinco milhões de pessoas que têm testado, de antemão, o software e que têm permitido à Microsoft corrigir as lacunas existentes antes de o libertar para o mercado.

O líder da unidade Windows, Terry Myerson, escreveu no blogue da Microsoft que as reservas do Windows 10 só começarão a ser atendidas depois do dia anunciado para o lançamento. “A começar no dia 29 de julho, daremos início ao lançamento do Windows 10 para os nossos Windows Insiders”, disse Myerson. A partir dessa data, a Microsoft começará a enviar notificações aos utilizadores que fizeram reservas para informá-los da compatibilidade entre o Windows 10 e o sistema que estão a operar de momento. Caso esta consonância não se verifique, a Microsoft deverá explicar ao utilizador como deve proceder para conseguir o novo sistema operativo.

O responsável diz que lançamento da décima geração do Windows será feito progressivamente, “para ajudar a gerir a procura”.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor