Windows 10 chega a 300 milhões de dispositivos

EscritórioPCSistemas Operativos
1 0 Sem Comentários

Desde o final de março, a Microsoft conseguiu que mais 30 milhões de utilizadores transitassem para o Windows 10. A empresa anunciou que o sistema operativo está agora a ser usado em 300 milhões de dispositivos, dez meses depois do seu lançamento.

Yusuf Mehdi, vice presidente corporativo do grupo de Windows e Dispositivos da Microsoft, escreveu no blogue do sistema operativo que o Windows 10 se tornou “um dos maiores serviços online em menos de um ano.” Na conferência Build 2016, no fim de março, o CEO Satya Nadella tinha revelado que o sistema já chegara a 270 milhões de aparelhos.

A empresa voltou a referir que esta é a versão com mais rápida adesão na história do sistema operativo. “Central para a realização da nossa visão de uma computação mais pessoal, o Windows 10 oferece experiências que são familiares, mais seguras, mais pessoais e produtivas”, explicou Mehdi.

Também referiu que está a crescer a utilização de algumas funcionalidades centrais do sistema, como o navegador Microsoft Edge, a assistente digital Cortana e a Loja Windows, e deu algumas estatísticas:

  • 63 mil milhões de minutos gastos no Edge em março, um crescimento de 50% face ao último trimestre.
  • 6 mil milhões de perguntas respondidas pela Cortana desde o lançamento
  • 9 mil milhões de horas de jogos jogados
  • 144 milhões de pessoas a utilizarem a app Photos.

O executivo aproveitou para lembrar que o prazo de migração de sistemas anteriores para o Windows 10 está a esgotar-se: o upgrade gratuito estará disponível até 29 de julho. A partir daí. a aquisição da versão Home custará 119 euros.

Medhi partilhou também um vídeo com Bryan Roper a explicar por que razão os utilizadores devem fazer o upgrade.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor