Wiko quer cimentar posição em Portugal com estes 3 novos modelos

MobilidadeSmartphones

A Wiko acabou de apresentar a sua linha de smartphones para o quarto trimestre de 2015, com os novos Pulp, Pulp Fab e Fever 4G. No ano em que faz 2 anos em Portugal, a fabricante francesa quer afirmar-se no mercado enquanto “jogador” de peso.

O modelo Pulp opera sobre o Android Lollipop (5.1) tem um ecrã HD de 5 polegadas, um processador Octa-Core de 1,4 GHz e uma bateria que oferece uma autonomia de até 240 horas em modo stand by ou de até 21,16 horas em utilização ativa.

Wiko Pulp
Wiko Pulp

 

Este smartphone é Dual SIM e tem uma memória RAM de 2 GB que pode ser ampliada com um cartão MicroSD de até 64 GB. Tem também uma câmara traseira de 13 MP e uma frontal de 5 MP com Selfie Flash, e permite gravação de vídeo em 1080p.

O Pulp Fab, por seu lado, em pouco difere Pulp. Tem um ecrã HD de 5,5 polegadas, uma bateria com autonomia até 480 horas em stand by e até 29,6 horas (2G) ou 18,7 horas (3G).

Wiko Pulp Fab
Wiko Pulp Fab

Quanto às restantes características, os dois smartphones são idênticos.

O terceiro modelo apresentando pela Wiko é o Fever 4G, com um ecrã FHD de 5,2 polegadas. Também ele opera o Android Lollipop e é potenciado por um processador Octa-Core de 1,3 GHz – não tão potente quanto os outros dois modelos.

Wiko Fever
Wiko Fever

A bateria de oferece uma autonomia de até 216 horas em modo stand by e de até 21,7 horas (2G) ou 16,2 horas (3G).

Tem uma câmara principal de 13 MP e uma frontal de 5 MP, equipada com Selfie Flash.

À semelhança do Pulp e do Pulp Fab, e de muitos outros smartphones da Wiko, o Fever é Dual SIM.

Preços e Disponibilidade

O Pulp Fab serão primeiro deste grupo a chegar ao mercado, tendo estreia marcada para dia 28 de outubro, com um preço de 199 euros.

Os outros dois modelos serão lançados no mercado em novembro, embora ainda não se saiba, com absoluta certeza, em que dia.

O Fever 4G não deverá exceder a meta dos 250 euros.

Rumo à liderança

Tendo chegado ao mercado em 2013, fruto de uma estratégia de internacionalização europeia, a marca francesa Wiko tem ocupado, ao longo dos últimos 18 meses, o 2º lugar na tabela dos smartphones mais vendidos no mercado livre em Portugal, segundo dados da consultora independente GFK.

No entanto, o country manager da Wiko em Portugal, Manuel Ferreira disse hoje, durante a celebração do segundo aniversário da marca no país, que até ao final de 2015 poderão ser anunciados modelos comercializados através das operadoras nacionais.

Com estes três novos smartphones, a Wiko quer cimentar a sua posição no mercado português enquanto game changer, e conseguiu já, graças aos modelos Ridge 4G, Sunset 2 e Lenny, entrar para o Top 20 dos smartphones mais vendidos em Portugal, de acordo com a GFK.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor