WhatsApp abre contas para empresas

AppsMobilidadeSmartphones

Numa tentativa de gerar receitas, o WhatsApp vai permitir às empresas que criem contas específicas para atender os seus clientes.

Numa tentativa de gerar receitas para o Facebook, a sua empresa mãe, o WhatsApp vai permitir às empresas que criem contas específicas para atender os seus clientes.

As business accounts foram anunciadas esta quinta-feira e vai permitir às empresas que tenham saudações automáticas, ver estatísticas sobre mensagens e, ainda, preparar uma página de perfil com várias informações. Atualmente, várias empresas utilizam o WhatsApp para falar diretamente com os seus clientes. De relembrar que o serviço de mensagens tem cerca de 1,3 mil milhões de utilizadores.

Matt Idema, COO do WhatsApp, explica que estas contam têm como destino as empresas que recebem uma grande quantidade de mensagens pelo serviço de mensagens. “O que vimos foi uma necessidade das empresas em ter ferramentas mais eficientes”.

O COO, que esteve no executivo antes de se juntar ao WhatsApp em 2017, explicou que o serviço de mensagens tenciona cobrar as empresas de alguma maneira no futuro, mas explicou que seria demasiado cedo quando isso iria acontecer ou que serviços futuros iriam estar disponíveis.

O Facebook comprou o WhatsApp em 2014 por 19 mil milhões de dólares, principalmente por causa da base de utilizadores que o serviço tinha na altura. Até 2016, a única fonte de receitas do WhatsApp era uma subscrição anual no valor de um dólar. As opções de futuras receitas excluem por completo a possibilidade de existir publicidade no serviço, algo que foi acordado por Mark Zuckerberg e o CEO do WhatsApp, Jan Koum, aquando da aquisição.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor