WeDo Technologies alcança melhor ano de sempre

EmpresasGestãoNegóciosResultados

A Wedo Technologies anunciou hoje o crescimento das suas receitas em 12 por cento no ano de 2013, representando 61,5 milhões de euros, sendo o melhor ano da empresa alguma vez registado. Este anúncio vem reforçar a posição da WeDo Technologies como líder de mercado, tendo sido nomeada, em março de 2013, num importante estudo

A Wedo Technologies anunciou hoje o crescimento das suas receitas em 12 por cento no ano de 2013, representando 61,5 milhões de euros, sendo o melhor ano da empresa alguma vez registado.

crescimento-mercadoEste anúncio vem reforçar a posição da WeDo Technologies como líder de mercado, tendo sido nomeada, em março de 2013, num importante estudo de mercado como o principal fornecedor líder mundial de software de Garantia de Receita e Gestão de Fraude para operadores de telecomunicações a nível mundial.

Além do crescimento das receitas, o EBITDA também registou um aumento de 36 por cento, para 11,8 milhões de euros, o que corresponde a uma margem de EBITDA de 20 por cento. A empresa conquistou ainda 20 novos clientes em cinco novos países e assinou acordos globais com dois dos maiores grupos de telecomunicações. A empresa terminou 2013 com mais de 200 clientes distribuídos por 90 países nos cinco continentes.

Fernando Videira, CFO da empresa, afirma que “este nível de inovação, crescimento da receita, assim como o crescimento sustentável do EBITDA comprovam que a WeDo Technologies continuará a conquistar quota de mercado e a ser o maior e mais sólido player mundial em software de Garantia de Receita e Gestão de Fraude”.

A WeDo Technologies iniciou 2013 com o lançamento do software integrado de Garantia de Receita e Gestão de Fraude, RAID 7.

A WeDo Technologies continua, também, a expandir a sua presença nos setores verticais com a obtenção de 31 clientes fora da área das telecomunicações. Como resultado, as encomendas e as receitas cresceram 71 e 19 por cento respetivamente, nas indústrias do retalho, energias e finanças.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor