Web Summit: Paris é a nova Capital Europeia da Inovação

Inovação

Carlos Moedas, comissário da Investigação, Ciência e Inovação, entregou hoje no Web Summit o Prémio Capital Europeia da Inovação – iCapital. A capital francesa foi a escolhida entre as 32 candidatas de 2017.

O prémio, no valor de 1 milhão de euros, destina-se a recompensar a cidade que está a construir o melhor «ecossistema de inovação», ligando cidadãos, organizações públicas, universidades e empresas.

Carlos Moedas começou por dizer que existem cerca de “400 cidades com mais de um milhão de habitantes e mais 20 com  mais de 10 milhões” e que se prevê que, “em 2025,  um grupo de 600 cidades produziram “65%  dos bens e serviços do mundo .”

E o que é tão especial nas cidades?”, questionou o comissário. Segundo o governante, as cidades são muito atrativas dado que “já conseguimos digitalizar quase tudo menos a experiência da cidade, a sua diversidade, tolerância, diferenças e que tudo isso ajuda a criar inovação.”

O “prémio nobel das cidades” como lhe chamou Paddy Crosgrave, o CEO da Web Summit, foi atribuído em 2016 a duas ciddades, Barcelona e Amesterdão e agora foi a vez de Paris.

Foram mais de 34 cidades candidatas da quais saíram três finalistas. Além da vencedora, Tallinn e Telavive foram as outras selecionadas.

A representante da cidade de Paris, agradeceu o prémio e disse “que o partilhava com todo o ecossistema de startups e de inovação da cidade (…) e com os cidadãos “. 

“Para Paris, a Europa é muito importante e a inovação é o motor da Europa”, referiu a responsável. 

O valor do prémio será aplicado na construção de uma escola gratuita de programação e novas tecnologias para os mais jovens.

Carlos Moedas finalizou a sua intervenção dizendo que a iniciativa é importante para a União Europeia para mostrar o que está a ser feito a nível das cidades. “A Europa é inovação aberta, ciência aberta e aberta para o mundo”, finalizou o comissário.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor