Vodafone UK prefere consistência a velocidade na 4G

4GMobilidadeOperadoresRedes

Rede 4G é muitas vezes sinónimo de maior velocidade mas a Vodafone britânica explica que vai dar mais prioridade à consistência e força do sinal do que à velocidade e cobertura de rede. O CEO Jeroen Hoencamp acredita que a empresa pode destacar-se desta forma e construir uma relação de maior confiança com os clientes. 

Rede 4G é muitas vezes sinónimo de maior velocidade mas a Vodafone britânica explica que vai dar mais prioridade à consistência e força do sinal do que à velocidade e cobertura de rede. O CEO Jeroen Hoencamp acredita que a empresa pode destacar-se desta forma e construir uma relação de maior confiança com os clientes. 

rede
A Vodafone UK considera como prioridade o desenvolvimento de uma rede 4G segura e forte por oposição a uma rede muito rápida e com ampla cobertura como tem sido prioridade dos seus concorrentes. A justificação está na ideia de que o mais importante é criar uma relação estável e de confiança com os utilizadores através do aperfeiçoamento da força do sinal para que seja possível mais pessoas acederem à internet ao mesmo tempo em vez de apenas algumas pessoas terem acesso a uma velocidade mais rápida.

A rede 4G foi lançada em Agosto de 2013 e, desde aí, a Vodafone britânica registou 1,4 milhões de clientes e assegurou cobertura de rede para 50 por cento da população. Já a sua concorrente EE tem 7,7 milhões de utilizadores e uma cobertura de rede que alcança 75 por cento do Reino Unido. De notar, no entanto, que a EE lançou a sua rede 4G antes da Vodafone.

O CEO  da Vodafone UK, Jeroen Hoencamp, diz que “isto não é sobre quem tem mais cobertura, é sobre ter o sinal mais forte” e acrescentou que gostavam de expandir a cobertura mas que tem de ser feito da forma correcta e no tempo certo. Explicou ainda que para atividades como streaming de vídeos são precisos apenas alguns megas e que, por isso, não há, de facto, pressa.

“Muitos clientes não sabem o que é 4G” e “muitos clientes não querem saber o que é 4G. O que querem é consistência, para que possam ir a qualquer lugar e tenham um sinal forte para fazer o que quiserem”,  acrescentou Hoencamp.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor