Vodafone Foundation põe Cellular Base Station numa mochila

InovaçãoMobilidadeNegóciosOperadoresRedesTecnologia Verde

A Instant Network Mini será usada para rapidamente estabelecer comunicações no rescaldo de desastres naturais. A Vodafone Foundation, o segmente beneficente da empresa de telecomunicações britânica, desenvolveu uma estação de base celular que cabe numa mochila. A Instant Network Mini pesa 11 quilogramas, pode ser implementada em apenas dez minutos e foi concebida para ajudar

cintillo-mwc2014

A Instant Network Mini será usada para rapidamente estabelecer comunicações no rescaldo de desastres naturais.

vodafone backpack

A Vodafone Foundation, o segmente beneficente da empresa de telecomunicações britânica, desenvolveu uma estação de base celular que cabe numa mochila.

A Instant Network Mini pesa 11 quilogramas, pode ser implementada em apenas dez minutos e foi concebida para ajudar trabalhadores e restante pessoal a operar em áreas atingidas por desastres naturais. Foi criada pela Vodafone Spain em parceria com a Huawei e com a organização humanitária Telecoms Sans Frontières.

A  base GSM transceiver station da Instant Network Mini liga-se à rede de acolhimento através por satélite, e cria uma área de cem metros na qual podem ser suportadas até cinco chamadas em simultâneo e enviar e receber milhares de mensagens de texto.

Tudo isto pode ser armazenado numa mochila resistente que se adequa à maioria das indicações das companhias aéreas relativamente às bagagens de mão e a Vodafone diz que a base station é simples o suficiente para ser ativada e operada por pessoal não técnico.

A Fundação já há vários que usa Instant Networks, mas o equipamento tinha que ser transportado em várias bagagens visto pesar cerca de cem quilogramas. O equipamento incluía uma antena, um mastro dobrável, um computador industrial e uma base transceiver station, tudo potenciado por um gerador portátil. Demora 40 minutos a ser montado, mas fornece conetividade num raio de cinco quilómetros.

Redes Instantâneas têm sido utilizadas no Sudão do Sul, no Kenya nortenho e na República Democrática do Congo e mais recentemente, as redes têm sido operacionalizadas para ajudar as vítimas do Tufão Haiyan, que devastou as Filipinas no final de 2013. Usando tais redes, a Vodafone Foundation possibilitou o envio de 1,4 milhões de mensagens de texto e a realização de 443,288 chamadas em 29 dias.

“A Instant Network da Vodafone Foundation permitiu que milhares de pessoas se ligassem aos seus entes queridos”, disse Andrew Dunnet, diretor da Vodafone Foundation. “ A Instant Network Mini da Vodafone Foundation é simples e rápida de ativar e será particularmente valiosa para aqueles trabalhadores humanitários sem quaisquer outros meios de comunicação”.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor