Vendas de PCs cai mais do que o esperado

EscritórioNegóciosPC

O mercado dos PCs vai cair mais do que se esperava em 2013. A IDC reviu as suas previsões para este mercado e está mais pessimista, revelando que as vendas vão baixar mais 0,4 por cento do que era de esperar. A consultora refere que as vendas vão baixar 10,1 por cento em vez dos

O mercado dos PCs vai cair mais do que se esperava em 2013. A IDC reviu as suas previsões para este mercado e está mais pessimista, revelando que as vendas vão baixar mais 0,4 por cento do que era de esperar.

row-of-personal-computers-iStock_000018237896MediumA consultora refere que as vendas vão baixar 10,1 por cento em vez dos 9,7 por cento que tinham sido anunciados. No final deste ano terão sido vendidos cerca de 314,8 milhões de computadores pessoais, um número idêntico ao registado há cinco anos.

Também no setor empresarial se registou uma quebra, sendo esta de cerca de cinco por cento. A área do consumo foi a única que aumentou, com um crescimento de 15 por cento relativamente ao ano passado.

Prevê-se que a evolução negativa continue ao longo do próximo ano e a consultora espera mesmo uma quebra do mercado de 3,8 por cento já no próximo ano.

Ainda não são conhecidas as razões destas quebras mas, de acordo com a IDC, os computadores pessoais carecem de “argumentos de substituição”.

A consultora refere ainda que o PC “não foi suficientemente além na sua utilização e tarefas de produtividade para se diferenciar dos outros dispositivos. Como resultado, o ciclo de vida do computador pessoal continua a aumentar, limitando o crescimento do mercado”.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor