Vendas globais de tablets crescem mais de 50 por cento em 2013

EscritórioMobilidadeTablets

Segundo apurou a IDC, as vendas de tablets por todo o mundo em 2013 chegaram a 217,1 milhões de unidades em 2013, um aumento de 50,6 por cento em relação ao ano anterior. Em 2012, foram vendidos 144,2 milhões de aparelhos. No quarto trimestre, o crescimento foi de 28,2 por cento em relação ao mesmo

Segundo apurou a IDC, as vendas de tablets por todo o mundo em 2013 chegaram a 217,1 milhões de unidades em 2013, um aumento de 50,6 por cento em relação ao ano anterior. Em 2012, foram vendidos 144,2 milhões de aparelhos.

samsung-galaxy-tab-android-tablet-hands-on-ifa-berlin-2010-27No quarto trimestre, o crescimento foi de 28,2 por cento em relação ao mesmo período de 2012, totalizando 76,9 milhões de unidades. Já em relação ao terceiro trimestre, o estudo registou um crescimento de 62,4 por cento nas vendas. A taxa de crescimento foi substancialmente maior de 2011 a 2012, da ordem de 87,1 por cento, apontando uma importante desaceleração do mercado.

“Está se a tornar cada vez mais claro que mercados como os Estados Unidos estão atingindo altos níveis de saturação do consumidor e, enquanto os mercados emergentes continuam a mostrar um forte crescimento, este não foi o suficiente para sustentar as dramáticas taxas de expansão em todo o mundo nos últimos anos”, afirmou Tom Mainelli, diretor de pesquisa da consultora IDC.

A Apple mais uma vez ocupou a liderança do mercado mundial de tablets, com 33,8 por cento de share, com 26 milhões de unidades movimentadas no quarto trimestre. O número representa aumento de 13,5 por cento em relação aos 22,9 milhões de aparelhos vendidos em igual período de 2012.

Em segundo lugar está a coreana Samsung, com 18,8 por cento de participação e 14,5 milhões de unidades vendidas. Logo abaixo estão Amazon (7,6 por cento), Asus (5,1 por cento) e Lenovo (4,4 por cento), que experimentou um crescimento de 325 por cento nos aparelhos que chegaram às lojas, que pularam de 800 mil para 3,4 milhões, na mesma base de comparação. Os 30,3 por cento restantes estão pulverizados entre outros fabricantes.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor