Vendas digitais de música em quebra

EmpresasNegócios

De acordo com o relatório anual de vendas de música da revista norte-americana Billboard, as vendas digitais de música caíram 0,1 por cento desde 2003, altura em que abriu a loja online iTunes da Apple. As faixas individuais também registaram uma queda de 5,7 por cento em 2013. Esta é a primeira vez que se regista

De acordo com o relatório anual de vendas de música da revista norte-americana Billboard, as vendas digitais de música caíram 0,1 por cento desde 2003, altura em que abriu a loja online iTunes da Apple.

DSC05659As faixas individuais também registaram uma queda de 5,7 por cento em 2013. Esta é a primeira vez que se regista uma redução nas vendas nos dez anos do iTunes.

Já as vendas de CD tradicionais caíram 14,5 por cento.

Uma explicação para esta quebra pode estar no interesse crescente dos consumidores nos serviços de streaming como o Spotify que permitem escutar todo o tipo de música de modo gratuito com anúncios ou sem anúncios através do pagamento de uma mensalidade sem a necessidade de comprar os ficheiros individuais.

Em contrapartida, as vendas de discos de vinil subiram 31,9 por cento.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor