Vendas de PCs caiem cada vez mais

EmpresasNegócios

Um estudo concretizado pela IDC revela que o ano de 2013 foi marcado por um considerável prejuízo para os fabricantes de computadores pessoais, com 2014 a seguir a cadência, embora de maneira menos acentuada. A IDC registou uma queda de pouco menos de dez por cento das vendas de PCs no ano passado, o que,

Um estudo concretizado pela IDC revela que o ano de 2013 foi marcado por um considerável prejuízo para os fabricantes de computadores pessoais, com 2014 a seguir a cadência, embora de maneira menos acentuada.

vendas pc

A IDC registou uma queda de pouco menos de dez por cento das vendas de PCs no ano passado, o que, apesar de não deixar de ser negativo, ficou abaixo das expectativas anteriormente emitidas pela consultora, que previa uma queda superior aos dez por cento.

Estes resultados, contudo, espelham uma ténue melhoria relativamente ao que se adivinhava. Este inesperado desenlace teve como causa o aproveitamento de alguma movimentação no mercado, consequência da premência em substituir os sistemas operativos em ultrapassados, como o Windows XP.

As vendas de PCs no passado ano de 2013, embora ligeiramente acima das estimativas iniciais, originaram o pior registo dos últimos anos.

O decréscimo das taxas de crescimento em vários mercados tecnológicos e as mudanças incessantes das prioridades de compra dos consumidores geraram uma diminuição nas vendas dos Personal Computers.

Como tal, as perspetivas para 2014 afiguram-se sombrias, adivinhando-se um decréscimo na procura por PCs, tendência esta que continuará a registar-se nos próximos anos.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor