Vendas da Tech Data chegam aos 9,1 mil milhões no terceiro trimestre

GestãoResultados

A empresa, que é um dos maiores distribuidores mundiais de produtos de tecnologia, serviços e soluções, acaba de anunciar os resultados financeiros do terceiro trimestre, concluído a 31 de Outubro de 201. As vendas líquidas foram de 9,1 mil milhões de dólares, representando um aumento de 41% em relação ao trimestre anterior.

O aumento nas vendas líquidas deveu-se principalmente à aquisição do negócio da Technology Solutions da Avnet, a 27 de Fevereiro de 2017, que se reflectiu em toda a empresa, sobretudo no segmento europeu.

Na Europa, na qual se encontra a subsidiária Tech Data Portugal, as vendas líquidas foram de 4,8 mil milhões de dólares (53% das vendas líquidas mundiais), um aumento de 25% em relação ao trimestre anterior.

A empresa reportou uma margem bruta foi de 526,1 milhões de dólares, um aumento de 210,2 milhões de dólares ou 67% em relação ao trimestre anterior. Na percentagem de vendas líquidas, a margem bruta foi de 5.76% em comparação com 4.87% do trimestre anterior.

As despesas de vendas, gerais e administrativas (“SG&A”) foram de 416,8 milhões de dólares ou 4.56% de vendas líquidas, contra 240,0 milhões de dólares ou 3.70% de vendas líquidas no trimestre anterior. 

Os proveitos operacionais a nível mundial foram de 79,6 milhões de dólares ou 0.87% de vendas líquidas em relação a 62,9 milhões de dólares ou 0.97% de vendas líquidas do trimestre anterior. Os proveitos operacionais non-GAAP foram de 135,7 milhões de dólares, um aumento de 54,6 milhões de dólares ou 67% em relação ao trimestre anterior. Na percentagem de vendas líquidas, os proveitos operacionais non-GAAP foram de 1.49%, uma melhoria de 24 pontos base em relação ao trimestre anterior.

A nível europeu, os proveitos operacionais foram de 29,9 milhões de dólares ou 0.62% de vendas líquidas, em relação a 34,0 milhões de dólares ou 0.88% de vendas líquidas no trimestre anterior.

As receitas líquidas foram de 37,3 milhões de dólares em relação a 36,5 milhões de dólares no trimestre anterior. As receitas líquidas non-GAAP foram de 76,7 milhões de dólares, um aumento de 25,8 milhões de dólares ou 51% em relação ao trimestre anterior.

“Estamos satisfeitos ao apresentar os resultados do terceiro trimestre, que estão em linha com as nossas expectativas e que continuam a destacar o poder engrandecido dos ganhos e o perfil do fluxo de caixa da nova Tech Data”, disse, em comunicado, Robert M. Dutkowsky, Presidente e CEO.

“Pela primeira vez na história da Tech Data, as vendas trimestrais ultrapassaram os 9 mil milhões de dólares e, através de uma disciplina nos preços e um forte controlo de custos, apresentámos ganhos sólidos non-GAAP por ação. Além disso, gerámos 70 milhões de dólares em caixa das operações e pagámos 350 milhões de dólares da nossa dívida, o que reflete o nosso forte compromisso em desalavancar a empresa, e obtivemos um retorno ajustado do capital investido para o período de doze meses, muito além do nosso custo médio de capital ponderado. Continuamos no nosso caminho para a construção do distribuidor de TI do futuro, que tenha amplitude, competências especializadas e amplas capacidades para ajudar os nossos clientes e parceiros fornecedores a aproveitar as oportunidades de crescimento em todo o universo informático”, acrescentou o executivo.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor