UPTEC vai apoiar 25 novas ideias de negócio

Negócios

O Parque de Ciência e Tecnologia da Universidade do Porto (UPTEC) vai, ainda em 2014, apoiar mais 25 novas ideias de negócio. Para o efeito, o UPTEC já abriu as candidaturas para a 4ª edição do Programa de Aceleração de Startups, que encerram no dia 2 outubro. Desde a 1ª edição do Programa, em Março

O Parque de Ciência e Tecnologia da Universidade do Porto (UPTEC) vai, ainda em 2014, apoiar mais 25 novas ideias de negócio. Para o efeito, o UPTEC já abriu as candidaturas para a 4ª edição do Programa de Aceleração de Startups, que encerram no dia 2 outubro.

startup

Desde a 1ª edição do Programa, em Março de 2013, o UPTEC já “acelerou” mais de 70 ideias de negócio. Entre elas constam a HealthyRoad, espelho retrovisor que envia alertas sonoros quando deteta sinais de sonolência nos condutores; a Sphere Ultrafast Photonics, desenho e fabrico de tecnologia laser ultrarrápida, que recebeu 350 mil euros de investimento da 2bpartner; a FAHR 021.3, estúdio criativo que combina arte e arquitetura, distinguido internacionalmente em concursos de design, e a B-Parts, mercado online de peças automóveis, recentemente investida pela Portugal Ventures.

O programa destina-se a empreendedores com ideias inovadoras, de base tecnológica, científica ou criativa, que desejem validar os seus projetos num contexto de mercado.  O objetivo é que se venham a juntar ao universo empresarial UPTEC, um conjunto de 29 projetos empresariais, 91 startups e 44 centros de inovação, as empresas do UPTEC têm um impacto no PIB do país superior a 31M€.

Durante seis meses, os projetos selecionados irão receber apoio no processo de criação de desenvolvimento de uma empresa, nomeadamente ao nível da definição do modelo de negócio, desenvolvimento de produto, propriedade intelectual, clientes/mercado, gestão de equipas, questões legais e financeiras, comunicação, design e internacionalização.

A formação é composta por workshops em sala , reuniões de acompanhamento individual, sessões de speed dating (mentoring colectivo), eventos de networking e treino de apresentação de projeto (pitch). O programa termina com a apresentação pública dos projetos – Startup Pitch Day, momento em que os empreendedores dão a conhecer as suas ideias a uma vasta plateia composta por parceiros, investidores e público em geral.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor