Universidade do Minho distinguida no World Technology Awards

EmpresasInovaçãoInvestigaçãoNegócios

A Universidade do Minho foi distinguida no World Technology Awards pelo seu interface educativo “t-words”. O projeto criado por investigadores portugueses ganhou na categoria de Entretenimento. O “t-words” permite às crianças explorarem de forma lúdica sons, palavras e frases, podendo ajudar a combater a iliteracia. Desde o final da semana passada, este passou a ser

A Universidade do Minho foi distinguida no World Technology Awards pelo seu interface educativo “t-words”. O projeto criado por investigadores portugueses ganhou na categoria de Entretenimento.

universidade-do-minhoO “t-words” permite às crianças explorarem de forma lúdica sons, palavras e frases, podendo ajudar a combater a iliteracia. Desde o final da semana passada, este passou a ser o primeiro projeto português a receber o prémio relativo à categoria de Entretenimento do World Technology Awards.

Segundo um comunicado da Universidade do Minho, a distinção é uma “iniciativa mundial que distingue os trabalhos que estão a criar o século XXI e que serão provavelmente os mais importantes a longo prazo nas suas áreas”.

Cristina Sylla, Sérgio Gonçalves, Pedro Branco e Clara Coutinho são os investigadores que conceberam este projeto, no engageLab. A distinção foi feita numa cerimónia que decorreu em Nova Iorque.

“Os projetos do engageLab têm sido alvo de destaque continuado por especialistas internacionais, desde blogues à imprensa. Este prémio confirma o que se tem dito e é um estímulo à continuidade de todo esse trabalho, o qual só é possível promovendo a forte transdisciplinaridade entre arte, design, comunicação, educação e engenharia”, diz Pedro Branco, coordenador do engageLab e professor do Departamento de Sistemas de Informação.

“Dada a ênfase do t-words na exploração sonora, pensamos que poderá incentivar de forma lúdica o desenvolvimento e a sensibilidade fonológica, ajudando as crianças a adquirir aptidões ligadas à literacia”, acrescenta o coordenador.

A tecnologia é constituída por blocos físicos que podem ser gravados e recombinados para reproduzir diferentes combinações sonoras. As crianças poderão assim participam em diversas atividades, como a construção de rimas ou a exploração da sonoridade de palavras e frases, enquanto desenham na superfície dos blocos.

O projeto resulta da colaboração entre o Centro de Investigação em Estudos da Criança e o Centro Algoritmi e é financiado por fundos do FEDER e da Fundação para a Ciência e Tecnologia.

Os World Techonology Awards são organizados pela World Technology Networks em parceria com a CNN, o NASDAQ e as revistas Time, Fortune e Science. Zynga.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor