Universidade de Cambrige lança novo supercomputador

Escritório

Wilkes é o nome do novo supercomputador lançado recentemente pela Universidade de Cambridge. A organização diz que este é o sistema do mundo mais amigo do ambiente. O novo supercomputador garante uma eficiência energética de 3.361 mega-flops por watt e apresenta um fator diferenciador em relação ao que atualmente é considerado o supercomputador mais amigo

Wilkes é o nome do novo supercomputador lançado recentemente pela Universidade de Cambridge. A organização diz que este é o sistema do mundo mais amigo do ambiente.

gpu_pic_1_largeO novo supercomputador garante uma eficiência energética de 3.361 mega-flops por watt e apresenta um fator diferenciador em relação ao que atualmente é considerado o supercomputador mais amigo do ambiente a nível mundial, o japonês Tsubame, que está instalado no Instituto de Tecnologia de Tóquio.

Este sistema japonês é arrefecido a óleo, enquanto o supercomputador de Cambridge recorre a um sistema de arrefecimento que funciona a água. A organização destaca tal facto como uma grande vantagem, garantindo que isto faz do seu sistema o mais eficiente a nível global em termos de consumo energético.

No entanto, no que diz respeito à de velocidade de processamento, o Wilkes está longe dos primeiros lugares da tabela dos 500 supercomputadores mais potentes do mundo. Este sistema encontra-se apenas na 166ª posição, com uma capacidade de processamento de 250 teraflops por segundo. Porém, tal é equivalente à capacidade de processamento de quatro mil computadores desktop normais.

O Wilkes foi desenvolvido pela equipa de engenharia da universidade e será usado, numa primeira fase, no âmbito de um projeto que tem em vista a criação de um sistema de computação para o maior telescópio do mundo, o Square Kilometre Array.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor