Unidade de energia atira perdas da Toshiba para os 4.300 milhões de dólares

FinançasNegócios

As ações da tecnológica caíram até 16%.

A Toshiba registou a maior queda desde maio de 2015, depois das revelações de que poderia ter obtido uma perda de 500 mil milhões de ienes (4.300 milhões de dólares) nas suas operações nucleares nos EUA.

A perda está relacionada com o valor da aquisição da subsidiária Chicago Bridge & Iron pela unidade de negócio de energia da Toshiba, Westinghouse Electric, avança o jornal japonês Nikkei.

Após o anúncio, as ações do fabricante caíram para 16%, para ¥ 371 na Tokyo Stock Exchange.

Esta perda superaria os 168.000 milhões de ienes de lucro líquido que os analistas projetavam para o atual ano fiscal da Toshiba, que terminará em março. A companhia relatou uma perda de 460.000 milhões de ienes no ano passado.

O grupo, que fabrica desde frigoríficos a chips, computadores e equipamentos de energia nuclear, também foi processado por acionistas, acusado de enganá-los com as suas finanças.

Toshiba foi multada com um recorde de 7,400 milhões de ienes em dezembro do ano passado, quando os reguladores japoneses descobriram que o fabricante mentiu, apresentando demonstrações financeiras falsas.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor