União Europeia tem média mais baixa em 4G

4Ge-RegulaçãoEmpresasLegalMobilidadeNegócios

Segundo um estudo da consultora de preços de telecomunicações Tariff Consultancy Ltd, os países europeus são os que têm a média mais baixa nos preços dos contratos de telefonia móvel 4G. O estudo da TCL mostra o impacto das novas redes de 4G lançadas ao longo dos últimos três meses no mercado, analisando as tarifas

Segundo um estudo da consultora de preços de telecomunicações Tariff Consultancy Ltd, os países europeus são os que têm a média mais baixa nos preços dos contratos de telefonia móvel 4G.

preco-4gO estudo da TCL mostra o impacto das novas redes de 4G lançadas ao longo dos últimos três meses no mercado, analisando as tarifas de 130 operadores em mais de 70 países. Os operadores europeus estão a reduzir o preço para os atuais serviços de 4G, particularmente em França, onde estes serviços estão a ser cobrados ao mesmo nível que os dados 3G.

Um número de operadores está a oferecer descontos de preços seletivos ou “bundles”, como parte de promoção para o 4G. Na Alemanha verifica-se uma redução de preço de 40 por cento oferecida para os modelos de tarifa de entrada para o primeiro ano ou para os primeiros dois anos de contrato.

A Vodafone oferece a opção de subscrição do Spotify Premium ou do Sky Sports Mobile com um contrato de 4G, com um período gratuito que varia de seis a 24 meses, dependendo do pacote 4G escolhido. Alguns operadores 4G também estão a oferecer serviços pré-pagos de 4G, como a Everything Everywhere no Reino Unido.

A introdução do 4G como um “add-on” a baixo custo é outra tendência, com a TIM em Itália a cobrar um adicional de cinco euros por mês para o seu produto 4G Internet Plus, permitindo velocidades de download teóricas de até 70Mbps.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor