UMinho vai acolher Centro de Supercomputação e AIR Center Intelligence Network

Inovação

O memorando de entendimento que envolve a UMinho, a Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT) e a Universidade do Texas, em Austin nos EUA, será assinado neste sábado, dia 25, na presença do ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor.

O protocolo que estabelece a instalação do Centro de Computação Avançada do Minho (MAAC) e da AIR Center Data Intelligence Network será assinado pelo governante português, presidente da FCT, Paulo Ferrão,  pelo reitor cessante da UMinho, António M. Cunha e pelo presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte, Fernando Feire de Sousa.

A UMinho vai alojar estes dois projetos no âmbito do AIR Center – Centro de Investigação Internacional do Atlântico, uma nova organização liderada por Portugal, que quer formar uma rede de instituições de ciência, tecnologia e inovação para promover uma abordagem integradora do conhecimento sobre observação da Terra, mudanças climáticas, mar profundo e análise de dados.

O memorando para a instalação da sede da entidade nos Açores foi formalizado na segunda-feira, em Florianópolis, Brasil, e inclui também como países fundadores, Angola, Argentina, Cabo Verde, Colômbia, EUA, Espanha, Índia e Nigéria.

Durante o evento da criação do MAAC serão, ainda, apresentados exemplos de como o centro poderá ser utilizado. As intervenções estarão a cargo de Ramiro Neves do Instituto Superior Técnico, Tiago Rebelo do Centro de Excelência para a Inovação da Indústria Automóvel, António Onofre da UMinho e Maria João Rodrigues da Universidade do Porto.

 


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor