Uber reforça processo de verificação de antecedentes

Software

O Uber vai aplicar medidas mais rigorosas de verificação de antecedentes dos seus condutores na Índia. Depois de tanto ser criticada pela falta de análises eficientes ao historial dos seus condutores, o serviço vai agora afunilar o crivo. Funcionando como um serviço de táxis, o Uber fora banido de Nova Deli depois de um dos

O Uber vai aplicar medidas mais rigorosas de verificação de antecedentes dos seus condutores na Índia. Depois de tanto ser criticada pela falta de análises eficientes ao historial dos seus condutores, o serviço vai agora afunilar o crivo.

uber

Funcionando como um serviço de táxis, o Uber fora banido de Nova Deli depois de um dos seus condutores ter sido acusado de violar uma passageira. As autoridades policiais disseram que a empresa fora negligente aquando a análise dos antecedentes dos seus condutores, que já há três anos havia sido preso sob suspeita do mesmo crime.

Contudo, o Uber voltou a operar na cidade indiana depois de ter pedido uma licença de operação de uma rádio de táxis.

O serviço juntou-se à First Advantage, uma empresa especialista na investigação de antecedentes, para reforçar o seu sistema de verificação, incluindo a análise de registos criminais.

Apesar de nos Estados Unidos o processo de verificação de antecedentes mostrar alguma rigorosidade, na Índia era consideravelmente leviano, com o Uber simplesmente a exigir aos condutores dessa região o documento de identificação.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor