Uber recruta ex-Google Maps para potenciar os seus serviços

EmpresasNegócios

A Uber contratou o antigo responsável pelo Google Maps para liderar o seu centro de inovação tecnológica. O serviço de transportes digital quer desenvolver os seus próprios sistemas de mapeamento e navegação e reduzir a dependência face a outros fornecedores de serviços. Tendo estado no leme do Google Maps durante cerca de uma década, Brian

A Uber contratou o antigo responsável pelo Google Maps para liderar o seu centro de inovação tecnológica. O serviço de transportes digital quer desenvolver os seus próprios sistemas de mapeamento e navegação e reduzir a dependência face a outros fornecedores de serviços.

brian mclcendon google maps

Tendo estado no leme do Google Maps durante cerca de uma década, Brian McClendon aterra agora na Uber, para gerir o novo Centro de Tecnologia Avançada em Pittsburgh, nos Estados Unidos. O ex-Google vai operar sob o comando de Jeff Holden, o diretor de produto da Uber.

Depois de terem começado como aliadas, a Uber e a Google são cada vez mais dois peixes graúdos num pequeno lago, e a água vai escasseando. Diz a Bloomberg que a Google está a procurar desenvolver o seu próprio serviço digital de transportes, a praia da Uber. Por seu lado, a Uber pode estar a considerar entrar no mercado dos carros autónomos, onde a Google investiu já quantias significativamente avultadas.

No fim de 2014, McClendon foi substituído por Jen Fitzpatrick como líder do Google Maps, indicando que o antigo executivo da Google estaria já de malas feitas e pronto a deixar a empresa.

A Uber ainda se apoia nos dados fornecidos pelo Google Maps para alimentar os seus serviços de navegação e mapeamento. No entanto, com McClendon na sua equipa e com a startup criadora de serviços de mapeamento deCarta (adquirida em março), a Uber está a querer libertar-se do jugo da Google e navegar, independente, as ondas dos mercados dos mapas e dos transportes, almejando a liderança.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor