Uber perde 1,2 mil milhões em seis meses

Negócios
0 0 Sem Comentários

Uber terá perdido pelo menos 1,2 mil milhões de dólares, cerca de 1,06 mil milhões de euros, nos primeiros seis meses de 2016. Também o mercado norte-americano terá voltado a ficar no vermelho.

A Uber não é uma empresa pública, mas de três em três meses apresenta os seus resultados aos acionistas. Gautam Gupta, diretor financeiro da empresa, anunciou recentemente que a empresa perdeu dinheiro no segundo trimestre do ano. Mesmo os Estados Unidos, onde a Uber se tinha tornado lucrativa no primeiro trimestre, voltou a ficar no vermelho.

De acordo com a Bloomberg, que cita fontes próximas da empresas, a Uber perdeu 520 milhões de dólares, cerca de 460,57 milhões de euros, no primeiro trimestre de 2016. No segundo trimestre, as perdas excederam os 750 milhões de dólares, cerca de 664 milhões de euros.

Deste modo, nota a agência noticiosa, a Uber terá perdido cerca de 1,27 mil milhões de dólares nos primeiros seis meses do ano, cerca de 1,12 mil milhões de euros. Aos investidores, Gupta terá dito aos investidores que os condutores da Uber são os principais responsáveis pelas perdas da empresa. Um porta-voz da Uber recusou comentar.

A Uber tem perdido dinheiro trimestre atrás de trimestre. Em sete anos, estima-se que já tenha perdido um total de 4 mil milhões de dólares, cerca de 3,54 mil milhões de euros.

É muito provável que estas perdas diminuam. Em julho, a empresa chegou a acordo com a sua rival chinesa Didi Chuxing. A Didi deu uma percentagem de 17,5 por cento do seu negócio e um investimento de mil milhões de dólares para a Uber sair do território chinês. Antes, e durante dois anos, a empresa terá perdido dois mil milhões de dólares na China.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor