Uber junta-se a SafetiPin para melhorar segurança em Nova Deli

AppsMobilidade

A Uber apresentou uma nova aliança com o objetivo de melhorar a segurança na Índia, começando por Nova Deli. A parceria com a SafetiPin irá permitir a recolha de informações sobre as ruas da cidade e perceber quais são os locais mais seguros, para além de reabilitar a imagem da Uber no país. A integração

A Uber apresentou uma nova aliança com o objetivo de melhorar a segurança na Índia, começando por Nova Deli. A parceria com a SafetiPin irá permitir a recolha de informações sobre as ruas da cidade e perceber quais são os locais mais seguros, para além de reabilitar a imagem da Uber no país.

uber

A integração dos serviços da Uber na Índia não tem sido fácil, depois de um motorista ter sido acusado de violar uma passageira e, por isso mesmo, a empresa não se tem poupado a esforços para melhorar a sua imagem e garantir aos utilizadores que viajar com a Uber é seguro.

Após introduzir um botão de pânico na sua aplicação e ter reforçado a verificação dos antecedentes dos motoristas, a Uber apresenta uma parceria com a SafetiPin, uma aplicação móvel que funciona como um guia de segurança, para que os utilizadores saibam que ruas são seguras e quais os locais que devem evitar.

A aplicação está disponível globalmente e possui uma espécie de lista com pontos que são atribuídos a cada cidade em função do seu nível de segurança. A SafetiPin avalia nove critérios que incluem luz, abertura, visibilidade, segurança, passeio para caminhar, densidade e diversidade de género e de população. Para além dos dados obtidos pela aplicação, a avaliação engloba também comentários dos utilizadores que podem, inclusivamente, enviar fotos e descrever situações que tenham acontecido em determinado local.

O envolvimento da Uber surge na disponibilização de motoristas que serão treinados para que possam ser recolhidas novas informações a serem adicionadas à base de dados da SafetiPin. Os motoristas selecionados irão percorrer as cidades durante a noite utilizando câmaras instaladas no exterior dos veículos que deverão captar fotografias dos locais por onde passam. Essas fotografias são analisadas e avaliadas consoante os nove critérios da aplicação.

Este programa da Uber com a SafetiPin tem ainda o apoio do governo local, de acordo com as declarações da empresa numa publicação. Esta revelação surge depois de, na última semana, o departamento de transportes de Nova Deli ter feito um ultimato à Uber, exigindo que esta divulgasse todas as informações pertinentes sobre os seus serviços no prazo de uma semana. As relações entre o governo da cidade indiana e a Uber parecem, então, atravessar uma fase conturbada e que não esclarece qual a posição deste serviço no país.

O projeto apresentado, hoje, terá início a 25 de fevereiro e irá prolongar-se por cinco meses. Por agora, a união das duas empresas será visível apenas em Nova Deli, mas o objetivo é alargar o programa para Bogotá, Colômbia e Quénia.

De acordo com Gagan Bhatia, diretor da Uber Delhi, “ao trabalhar em conjunto nesta iniciativa que rompe limites” esperam “fornecer às comunidades locais as tecnologias necessárias para que possam viajar com mais segurança pelas suas cidades, na China e no resto do mundo”.

Já Ashish Basu, fundador da SafetiPin, realça a importância desta parceria na recolha de dados já que “esta associação irá providenciar um conjunto de dados maior que, de outra forma, não seria possível”.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor