Uber estima tirar liderança da Didi no mercado chinês em 2017

AppsEmpresasMobilidadeNegócios

A Uber espera continuar o seu caminho de “rápido crescimento” na China. A empresa tem esperança de ultrapassar a líder de mercado Didi Chuxing em 2017, disse, nesta sexta-feira, a chefe de estratégia da Uber China.

A Uber tem enfrentado uma competição feroz da Didi Chuxing na China que conta com o apoio das gigantes da internet Alibaba Group e Tencent Holdings. A fatia de mercado da Uber na China cresceu para cerca de 30% quando, em 2015, era de 1%, disse Liu Zhen durante a conferência de tecnologia Converge do The Wall Street Journal, em Hong Kong.

Ambas as companhias fizeram grandes gastos para subsidiar tarifas e ganhar quota de mercado no país, motivando especulações nos media locais de que poderiam eventualmente unir forças. No ano passado, a própria Didi já se uniu a uma antiga rival local.

“Ouvi o rumor e fui questionada sobre isso (uma associação com a Didi)”, disse Liu. “Quando se olha para o crescimento que temos, o aumento da fatia de mercado de 1% para um terço e a eficiência que alcançamos, nosso negócio está numa posição melhor que nunca para dar continuidade ao rápido crescimento.”

Questionada se o Uber superaria a Didi, respondeu: “Espero que no próximo ano”.

O Uber disse na semana passada ter levantado um investimento de US$ 3,5 bilhões em capital do fundo soberano da Arábia Saudita, o que vai fortalecer os seus recursos para expandir serviços nos mercados da China, Médio Oriente e Norte de África.

*Com reportagem de Elzio Barreto, da Reuters


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor