Twitter perde quatro executivos de topo

e-MarketingRedes Sociais

O Twitter acaba de perder quatro executivos de topo, um êxodo da equipa de gestão que foi confirmado domingo à noite pelo CEO Jack Dorsey.

As saídas são do diretor de produto Kevin Weil, do diretor de engenharia Alex Roetter, da vice presidente de média globais Katie Jacobs Stanton e do vice presidente de recursos humanos Skip Schipper. A confirmação foi feita com uma nota do CEO na sua conta de Twitter, procurando esclarecer após os rumores que começaram a aparecer na imprensa.

“Os quatro irão fazer uma merecida pausa. Estou pessoalmente muito agradecido a cada um deles for tudo o que contribuíram para o Twitter e o nosso objetivo no mundo”, escreveu Dorsey. “São pessoas fenomenais”, sublinhou.

Não foi dada uma explicação formal para a saída em simultâneo dos executivos do Twitter, mas esta é uma altura conturbada para a rede de microblogging: as ações estão em queda e o número de utilizadores está estagnado – eram 307 milhões no final de setembro, uma subida de apenas 2% em relação ao trimestre anterior.

Dorsey informou que o diretor de operações Adaim Bain irá acumular pelouros, incluindo a responsabilidade pelas equipas de produto, de média e de recursos humanos, tudo de forma interina. Já o diretor de tecnologia, Adam Messinger, irá liderar a engenharia e produtos de consumo, design e investigação, serviços para o utilizador – tudo dentro do mesmo grupo. “Adam Messinger está na minha equipa há mais de quatro anos e liderou equipas de grandes dimensões aqui e noutros locais”, acrescentou Dorsey.

Num tweet separado, o CEO mencionou os quatro executivos e agradeceu-lhes novamente por tudo o que fizeram.

Um dos motivos para a saída, segundo diz uma fonte citada pela CNN, terá sido o esgotamento pela pressão que o trabalho na empresa exige. “É uma exaustão. Quando o mercado te está a esmagar e o crescimento está estagnado… é uma posição difícil.” Três dos gestores agora de saída (os que estavam na empresa há mais tempo, Roetter, Stanton e Weil) tomaram a sua decisão de forma separada durante as últimas semanas.

Adicionalmente, o diretor geral da divisão Vine (que pertence ao Twitter) também anunciou a sua saída, para se juntar à equipa de realidade virtual na Google. Jason Toff disse que deixar o Vine foi “difícil”, mas mostrou-se entusiasmado com o “potencial” da nova casa.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor