Truewind-Chiron fechou 2014 com crescimento de 22 por cento

GestãoResultados

A Truewind-Chiron, uma empresa portuguesa de engenharia de software, com presença em Portugal, Reino Unido e Brasil, encerrou o exercício de 2014 com um volume de negócios consolidado de 4,1 milhões de euros. Em relação a 2013, este valor representa um crescimento de 22 por cento, de acordo com os resultados divulgados pela empresa.

Em Portugal, a empresa registou um volume de negócios de 3,5 milhões de euros, mais 22 por cento do que no ano precedente.

Quando ao EBITDA (lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortização), a Truewind-Chiron registou um valor total de 278 mil euros, um crescimento de 167 por cento face a 2013. Ao nível do resultado líquido, a consultora cresceu cerca de 90 por cento, passando de 13634 euros em 2013 para 145925 euros no ano seguinte, segundo revelou à B!T.

Em comunicado, a Truewind-Chiron afirma que se financiou em exclusivo com capitais próprios.

“A Truewind-Chiron continuou a crescer e a melhorar a sua rentabilidade a nível nacional, mantendo a melhoria da sua reputação e imagem de qualidade junto do mercado, afirmando-se ainda como empregador competitivo, em processo de internacionalização”, declarou em comunicado João Campos, Director Geral da Truewind-Chiron Portugal.

A empresa portuguesa pretende continuar a reforçar a sua posição no Brasil, alargando a base de clientes e implementado projetos de maiores dimensões. Para este fim, Nuno Maria, CEO e diretor geral da Truewind-Chiron Brasil, afirma que “a estratégia passa sobretudo por continuar a desenvolver a equipa local através de formações e de transferência de conhecimento entre a equipa de Portugal e do Brasil”.

No ano passado, a consultora tecnológica lançou a primeira edição da “Academia Truewind-Chiron”, com o objetivo de formar e recrutar finalistas recém-licenciados das áreas da Engenharia, Economia, Gestão ou Matemática. Esta iniciativa, que se repete este ano em setembro, é uma aposta da empresa no enriquecimento da equipa com profissionais de diferentes bases académicas.

João Campos revelou ainda que a empresa vai complementar a sua estratégia de internacionalização com “a criação de uma operação no Reino Unido, mercado de grande dimensão, muito desenvolvido e que reúne as condições para atingir os objectivos de desenvolvimento e rentabilidade da Truewind-Chiron”.

A Truewind-Chiron nasceu em 2010, como resultado da fusão entre a Truewind e a unidade de Software Services da eChiron.

 


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor