Transição da Sage para o SEPA a 1 de fevereiro de 2014

EmpresasERP-SuitesNegóciosSoftware

A Sage Portugal esclarece que a transição para o SEPA vai mesmo acontecer a 1 de Fevereiro. A transição para o Single European Payments Area vai ser aceite de modo a minimizar qualquer possível risco de interrupção de pagamentos a consumidores e empresas. O SEPA, ou Single Euro Payments Area consiste numa iniciativa legislativa a nível

A Sage Portugal esclarece que a transição para o SEPA vai mesmo acontecer a 1 de Fevereiro. A transição para o Single European Payments Area vai ser aceite de modo a minimizar qualquer possível risco de interrupção de pagamentos a consumidores e empresas.

sepa

O SEPA, ou Single Euro Payments Area consiste numa iniciativa legislativa a nível europeu que tem como objetivo eliminar as especificidades nacionais em matéria de pagamentos, com vista à criação de uma área unificada europeia, “no seio da qual todas as empresas e pessoas poderão emitir e receber pagamentos em euros nas mesmas condições de custo, segurança e rapidez.”

Hugo Oliveira, Sales Manager da Unidade de Negócio da empresa em Portugal esclareceu que “o anúncio do período de carência de seis meses para o SEPA pela Comissão Europeia não é definitivo e continua a ser analisado como proposta e será implementada a nível nacional.”

O Banco Central Europeu sublinhou neste sentido que a data final de migração para o SEPA a 1 de Fevereiro de 2014 se mantém, e destacou que é urgente que todos os participantes do mercado tenham a transição feita para o SEPA até esta data”.

Esta mudança para o sistema SEPA é ainda acompanhada de uma profunda reformulação do sistema de transferências a crédito e de débito direto que envolve a evolução do formato de comunicação bancária para XML, gestão de códigos BIC e IBAN e ainda a adaptação das regras de base e gestão de mandatos.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor